CUIABÁ

Siga nossas redes

Poder

Bolsonaristas utilizam robôs para impulsionar 7 de setembro no Twitter

Publicado em

Poder

Por Sandy Mendes

Com o objetivo de convocar os aliados do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) às ruas no Sete de Setembro, bolsonaristas utilizaram de impulsionamento artificial nas redes sociais. A conclusão é da análise realizada pelo Radar Aos Fatos feita a partir de 332.927 tweets e retweets com hashtags dos atos.

Na apuração, foi comparado o desempenho tags no Twitter: #Dia07VaiSerGigante, #7deSetembroVaiSerGigante, #Dia7VaiSerGigante, referentes aos atos de apoio ao presidente e as comuns na rede: #TBT (publicação antiga postada nas quintas-feiras), #TheMaskedBrasil (programa de TV) e o “sextou”.

O desempenho aponta para uma inflação artificial nas redes sociais. Isso acontece quando um pequeno grupo de usuários da rede possui grande peso nas publicações. No entanto, na inflação artificial, os perfis, em sua grande maioria, são realizados por robôs automatizados para reproduzir a mesma mensagem nas redes.

O Twitter afirmou a retirada de cerca de 100 perfis da rede por “violações à sua política contra spam e manipulação”.

Os protestos do 7 de Setembro foram convocados por apoiadores do governo, em meio às ofensivas de Bolsonaro contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Histórico

Na plataforma Bot Sentinel, que rastreia contas não autênticas, foi possível perceber o uso de pelo menos 2.582 vezes o termo “brasilpelovotoauditavel”. Ao todo, contas inautênticas, os chamados robôs, publicaram as hashtags 3.207 vezes.

‘Congresso em Foco’

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Criança de sete anos morre afogada no Rio Teles Pires
Propaganda

Poder

Rejeição de Bolsonaro chega a 53%, pior índice do mandato

Publicados

em

A reprovação do governo Bolsonaro chegou ao seu pior índice desde o início de seu mandato, com 53% de rejeição, após uma semana turbulenta na qual discursou ideias de raiz golpista no feriado de 7 de setembro. As informações são da Folha.

A pesquisa realizada pelo Datafolha ouviu presencialmente 3.667 pessoas com mais de 16 anos, em 190 cidades de todo o país, entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.

O governo Bolsonaro é avaliado como bom ou ótimo por 22% dos respondentes, uma diminuição frente aos 24% da pesquisa anterior, que já representava o pior índice de seu mandato. Os que avaliaram como regular foram 24%, o mesmo índice de julho.

PUBLICIDADE

Os resultados sugerem que as últimas investidas do político no 7 de Setembro, como os atos na avenida Paulista e em Brasília por exemplo, tem feito o nicho bolsonarista perder força entre a população. 

Ao mesmo tempo, a atitude de recuar nos ataques às instituições e ao STF (Supremo Tribunal Federal), não surtiu grande impacto na alteração da base de apoio ao presidente como era esperado pelas reações nas redes sociais.

“diariodolitoral”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Apoio de Bolsonaro dá munição a adversários para colar prisão de Crivella à imagem do Planalto
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA