CUIABÁ

Siga nossas redes

Cidade foi atingida por fortes chuvas em fevereiro e março

Governo federal libera mais de R$ 319 mil para Petrópolis

Publicado em

BRASIL

Por Vitor Abdala.

O Ministério do Desenvolvimento Regional autorizou hoje (12) o repasse de mais de R$ 319 mil a Petrópolis, na região serrana do estado do Rio de Janeiro, para ações de Defesa Civil. A portaria foi publicada na edição de hoje (12) do Diário Oficial da União.  

A cidade foi atingida por temporais em fevereiro e março deste ano, que deixaram 241 mortos e três desaparecidos. As chuvas de fevereiro foram consideradas o maior desastre natural da história de Petrópolis.

Elas provocaram mais de 7,5 mil deslizamentos de terra. Dados divulgados ontem (11) pela prefeitura de Petrópolis mostram que ainda há 173 pessoas em abrigos municipais.

Com os novos recursos, o volume total de repasses federais ao município já soma cerca de R$ 7 milhões desde fevereiro, segundo informações do Ministério do Desenvolvimento Regional.

“EBC”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Justiça determina suspensão da exibição do filme de Danilo Gentili
Propaganda

BRASIL

Governo federal regulamenta o tele-trabalho na administração pública

Publicados

em

O presidente Jair Bolsonaro anunciou ontem (17) que publicará um decreto presidencial estabelecendo a possibilidade de trabalho remoto na administração pública. A mudança está prevista nas normas publicadas pela Secretaria-Geral da Presidência da República que instituem o Programa de Gestão de Desempenho para Pessoal Civil da Administração com trabalho presencial ou remoto.

Segundo o documento, a comprovação de frequência para agentes públicos que concordarem em realizar suas funções de maneira remota passará a ser a entrega periódica de demandas. A possibilidade de trabalho remoto será integral ou parcial, observada a necessidade do funcionário estar disponível para chamadas telefônicas – inclusive para atender ao público externo – durante todo o expediente.

Também há a previsão do aumento de produtividade para aqueles que optarem pelo serviço remoto. O texto cria, ainda, a possibilidade de trabalho a partir do exterior, mas apenas por tempo limitado e em “hipóteses restritas”. O regime de trabalho remoto será estabelecido seguindo os interesses da administração pública. O documento não detalha como a nova norma será implementada.

Leia Também:  Justiça decreta prisão preventiva do médium João de Deus

“Essa substituição tem foco na administração voltada para resultados e busca maior transparência em relação às atividades desenvolvidas pela administração pública e seus agentes”, diz o comunicado da Secretaria-Geral.

De acordo com o governo federal, a medida terá impactos sobre a produtividade do funcionalismo público, já que institui um modelo de trabalho “voltado para resultados e incremento de eficiência.”

“EBC”

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA