CUIABÁ

Siga nossas redes

POLÍTICA

Saúde de Arenápolis recebe R$270 mil em emenda parlamentar

Publicado em

POLÍTICA


Foto: Marcos Lopes

O Deputado estadual Dr. João (MDB), destinou emenda parlamentar ao município de Arenápolis no valor de R$ 270 mil reais, atendendo demandas da saúde. Deste valor, R$ 150 mil reais serão para a aquisição de um aparelho de ultrassonografia e R$ 120 mil para o custeio na saúde.  

“O prefeito de Arenápolis, Eder Marquis, a vice Maria Campos, o vereador Nivaldo Relâmpago e os nossos demais parceiros do município estiveram nesta semana no meu gabinete fazendo um agradecimento especial com relação as emendas que destinei para o desenvolvimento do município. Os mesmos ressaltaram a importância dos recursos para atender a população e aproveitaram a oportunidade para apresentar mais demandas, as quais não medirei esforços para atender,” destacou o parlamentar.

Em mais de três anos de mandato, Dr.João se destacou como parlamentar atuante na área da saúde, destinando a maior parte das emendas parlamentares para o custeio do setor. Vale lembrar que o deputado participou ativamente das negociações e intervenções junto ao governo do estado para que o Hospital de Arenápolis voltasse a funcionar, tendo em vista que a demanda na área da saúde na região aumentou após o fechamento do Hospital Regional de Barra do Bugres. Atualmente o Hospital de Arenápolis está funcionando e atendendo toda a população, tendo o deputado Dr.João como parceiro.  

Leia Também:  Bolsonaro admite não ter base para aprovar ampliação de uso de armas

“Nosso mandato segue trabalhando pelo desenvolvimento de todo estado de Mato Grosso, por mais qualidade de vida e justiça social a todos, garantindo que os tributos pagos pela população retornem em melhorias para os mesmos,” reforçou o deputado.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Brasil deve mostrar que rejeita “aventuras autoritárias”, diz ministro

Publicados

em

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, disse hoje (17) que o que ocorre no Brasil serve como vitrine para a comunidade global, e que o país tem obrigação de mostrar que não aceita mais aventuras autoritárias.

“Somos hoje uma vitrine para os analistas internacionais, e cabe à sociedade brasileira garantir que levaremos aos nossos vizinhos uma mensagem de estabilidade, de paz e de segurança, e que o Brasil não mais aquiesce a aventuras autoritárias”, disse Fachin.

A declaração foi dada durante abertura do evento Democracia e Eleições na América Latina, na sede do TSE, em Brasília. Fachin disse que o Brasil não está alheio ao que acontece em outros países, e que o acontece aqui também exerce influência nos rumos internacionais.

O presidente do TSE lembrou casos recentes de ataques a instituições democráticas – como a invasão ao Capitólio, nos EUA e ataques a autoridades eleitorais no México, Peru e Equador – e afirmou que o Brasil deve considerar esses episódios como um alerta do que não pode ser tolerado.

Leia Também:  Municípios terão acesso a novos recursos para ações e serviços de saúde para o enfrentamento da Covid-19

Fachin anunciou ainda parceria com o professor Daniel Zovatto, do Instituto Internacional para Democracia e Assistência Eleitoral (Idea Internacional), para trazer ao Brasil observadores eleitorais europeus, além de outros já confirmados pela Organização dos Estados Americanos (OEA) e pela Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), entre outros.

“EBC”

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA