CUIABÁ

Siga nossas redes

POLÍCIA

Força Tática apreende 57 tabletes de maconha e prende homem por tráfico de drogas

Publicado em

POLÍCIA

Policiais militares da 14ª Companhia Independente de Força Tática apreenderam, na noite desta terça-feira (06), 57 tabletes de maconha, na MT-130, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá). Na ação, os militares prenderam um homem, de 41 anos, por tráfico de ilícito de drogas.

De acordo com boletim de ocorrência, por volta de 22 horas, os militares, em patrulhamento tático na Avenida Bandeirantes, próximo ao Anel Viário, avistaram o condutor de um veículo modelo Fiat Uno, branco, com placa de Querência, em atitude suspeita.

Ao perceber aproximação dos militares, o motorista fugiu em alta velocidade, dando início a uma perseguição policial. Em certo momento, a equipe conseguiu abordar o suspeito nas imediações da rodovia, próximo a uma região de chácaras. 

Durante busca veicular, a Polícia Militar localizou 57 tabletes de maconha divididos em dois sacos dentro do porta malas. Questionado sobre a origem da droga, ele apenas afirmou que seria levado para Querência. 

Diante dos fatos, o suspeito e o material apreendido foram encaminhados à delegacia para registro do boletim de ocorrência e demais providências que o caso requer.

Leia Também:  Homem descobre bug no Mac e recebe R$ 500 mil da Apple

“PMMT”

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

‘Fátima de Tubarão’, bolsonarista filmada dentro do Planalto, é presa em operação da Policia Federal

Publicados

em

Maria de Fátima Mendonça Jacinto Souza, de 67 anos, conhecida como “Fátima de Tubarão”, em referência à cidade do sul de Santa Catarina onde vive, está entre as pessoas presas nesta sexta-feira (27) na terceira fase da operação da Lesa Pátria, que cumpre mandados em cinco estados e no Distrito Federal contra envolvidos por organizar e participar dos atos terroristas de 8 de janeiro.

Os dois mandados da operação em Santa Catarina – um de prisão e outro de busca e apreensão – foram cumpridos contra Fátima, que foi flagrada invadindo o Palácio do Planalto.

 

Maria de Fátima Mendonça Jacinto Souza, bolsonarista radical de SC, aparece em um vídeo invadindo o Planalto — Foto: Foto: Redes Sociais/Reprodução

Maria de Fátima Mendonça Jacinto Souza, bolsonarista radical de SC, aparece em um vídeo invadindo o Planalto — Foto: Foto: Redes Sociais/Reprodução

 

Ela não foi presa na época da invasão aos prédios do Três Poderes e, até então, não constava na lista de investigados. O g1 busca contato com a defesa dela.

Nas imagens da invasão que viralizaram nas redes sociais, ‘Fátima de Tubarão’, fala: “Vamos para a guerra, é guerra agora. Vamos pegar o Xandão agora”, fazendo referência ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes (assista abaixo).

Leia Também:  Vendedor é assassinado com 10 tiros e corpo é encontrado pela namorada dentro de casa arrombada em MT

Além da referência ao ministro, Fátima declara em outro vídeo que “estava quebrando tudo”. Além do envolvimento nos atos golpistas, a idosa tem antecedentes criminais em Santa Catarina.

Ela responde a mais de um processo, tendo inclusive uma condenação por tráfico de drogas em 2014. A pena foi de 3 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão, que foi substituída por medidas restritivas de direitos. O processo está em segredo de Justiça.

Em outro caso, denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), detalha que Fátima responde por falsificação de documento e estelionato.

Em 2012, o processo narra que ela falsificou o documento de uma mulher em 2012 e realizou contratos de linhas telefônicas com a identidade falsa. O crime, conforme o documento, só veio à tona quando a vítima passou a ser cobrada pelos planos telefônicos.

Operação Lesa Pátria

Em todo o país são 11 mandados de prisão preventiva e 27 de busca e apreensão em cinco estados e no Distrito Federal.

Ainda de acordo com a PF, os fatos investigados “constituem, em tese, os crimes de”: abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

Leia Também:  Caminhão fica pendurado em ponte depois de acidente entre três veículos

“G1”

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA