CUIABÁ

Siga nossas redes

Mandado de prisão foi expedido na operação “Hígia”

Suspeita de desvio milionário em Sorriso, Samantha Chocair é detida em Cuiabá

Publicado em

MATO GROSSO

Samantha Nicia Rosa Chocair, sócia-administradora das empresas Chocair Consultórios e Clínica Bem Estar Ltda (Sociedade Empresária Limitada), apontada como suspeita de envolvimento num esquema milionário, foi detida nesta terça-feira (2), na capital. 

Em desfavor da empresária havia um mandado de prisão expedido na operação “Hígia”. A operação apura a prática de fraudes e desvio de recursos públicos envolvendo a Secretaria Municipal de Saúde de Sorriso e empresas privadas. 

Conforme apurado pela reportagem, Samantha se apresentou, nesta manhã, na Gerência Estadual de Polinter e Capturas, em Cuiabá, onde se encontra detida. Ainda hoje, ela passará por audiência de custódia no fórum da capital. 

Na semana passada, o pai de Samantha, José Constantino Chocair, foi detido pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

Estima-se que o prejuízo causado aos cofres públicos supere o montante de R$ 3 milhões. De acordo com o Gaeco de Sorriso, para a execução das fraudes e desvio de recursos públicos, os investigados utilizavam-se de processos judiciais de saúde em curso, nos quais havia o bloqueio de valores nas contas do Estado de Mato Grosso para custear o tratamento médico pleiteado na ação.

Leia Também:  Lancha de Bruno e Dom é encontrada afundada em rio do Amazonas

Explica ainda que após o recurso ser bloqueado, era transferido ao Fundo Municipal de Saúde, e, a partir de uma mesma ação judicial, isto é, mesmo paciente e procedimento médico solicitado, eram confeccionados, por várias vezes, processos administrativos de pagamento, alterando-se, tão somente, a nota fiscal e o ofício que o acompanhavam.

João Ventura Farias, de 57 anos, foi uma das vítimas do suposto esquema. Mais de R$ 1,5 milhão foi desviado para o pagamento de 20 procedimentos deste mesmo paciente, mas que nunca foi operado.

Segundo os advogados de defesa de João, foram feitos 20 pagamentos com valores entre R$ 35 e R$ 105 mil por procedimentos médicos liberados em função do seu processo judicial.

“Portal Sorriso”

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Motorista dorme ao volante após noite de bebedeira e capota Palio na Mário Andreazza

Publicados

em

O motorista de um Palio Weekend perdeu o controle da direção, após dormir ao volante, capotou e bateu na estrutura metálica de uma placa, na Rodovia Mário Andreazza, em Várzea Grande. O acidente aconteceu por volta das 7h deste sábado (06).

Uma testemunha relatou que o condutor dormiu ao volante, após uma noite de bebedeira. A Polícia Militar e o Samu confirmaram a ingestão de bebidas alcoólicas.

O veículo capotou logo na entrada da ponte que liga Cuiabá e Várzea Grande. O carro só parou quando atingiu a placa de boas-vindas à “cidade industrial”.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e prestou atendimento ao homem. Ele foi encaminhado até uma unidade de saúde, onde recebe atendimento médico.

“Repórter MT”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  TSE: sugestões para aprimorar eleições serão respondidas até quarta
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA