CUIABÁ

Siga nossas redes

Mato Grosso

Há 406 internações em UTIs públicas e 292 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 72% para UTIs e 34% em enfermaria

Publicado em

MATO GROSSO

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (22.07), 479.705 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 12.576 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.265 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 479.705 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.774 estão em isolamento domiciliar e 454.834 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 406 internações em UTIs públicas e 292 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 72,11% para UTIs adulto e em 34% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (97.875), Rondonópolis (33.987), Várzea Grande (32.166), Sinop (23.152), Sorriso (16.794), Tangará da Serra (16.431), Lucas do Rio Verde (14.388), Primavera do Leste (12.484), Cáceres (10.450) e Barra do Garças (9.526).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 371.701 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 609 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na quarta-feira (21.07), o Governo Federal confirmou o total de 19.473.954 casos da Covid-19 no Brasil e 545.604 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 19.419.437 casos da Covid-19 no Brasil e 544.180 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta quinta-feira (22.07).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

“SES-MT”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Voltando de Cuiabá, cantor sertanejo Giovani é vítima de acidente de carro
Propaganda

MATO GROSSO

Mulher é agredida pelo ex e pela irmã dele após cobrar ajuda para comprar leite da filha

Publicados

em

Por Yuri Ramires

Jovem de 20 anos foi agredida pela ex-cunhada e teve o carro quebrado pelo ex-marido, após ir até a casa dele cobrar ajuda para comprar leite para a filha, na madrugada desta segunda-feira (20), em Nova Mutum (264 km ao Norte de Cuiabá). Agressor conseguiu fugir, mas a irmã dele foi presa pela Polícia Militar.

De acordo com as informações da PM, viatura foi acionada para atender uma ocorrência no bairro Palmeiras. No local, encontrou a vítima já ferida, relatando que foi até a casa do ex-marido, cobrar ajuda para comprar o leite da filha que teve com ele.

Ela ressalta que o alimento acabou e que faz algum tempo que ele não ajuda nas despesas da criança. Mas, quando abordou o assunto, foi empurrada e agredida com socos. Quando ia saindo da casa, o agressor tomou a chave do veículo da vítima.

Ele jogou fora, nos fundos de outra casa e em seguida, passou a quebrar vidros do veículo e amassar a lataria. Como se não bastasse a violência que estava sofrendo, a irmã do suspeito chegou no local quando a PM já atendia a ocorrência.

Revoltada com a situação, ela foi para cima da vítima, desferindo socos e chutes contra a mulher. Nesse momento, o agressor aproveitou para fugir e pulou muro da casa dos vizinhos. A irmã dele foi presa em flagrante e o caso será investigado pela Polícia Civil.

“Gazeta Digital”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dois corpos são encontrados às margens de riacho em Mato Grosso
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA