CUIABÁ

Siga nossas redes

MATO GROSSO

Polícia Militar já recuperou 100 veículos furtados e roubados em 2022

Publicado em

MATO GROSSO


O trabalho ostensivo e preventivo da Polícia Militar resultou na localização de 100 veículos furtados e/ou roubados até a manhã desta quinta-feira (27.01), em todo o Estado. A marca foi alcançada nas últimas 24 horas, com a localização de três carros, em diferentes bairros de Cuiabá.

Na manhã desta quarta-feira (26.01), por volta de 07h30, policiais em rondas localizaram um veículo Yaris de cor branca, aparentemente abandonado próximo de um estacionamento de um condomínio do bairro Dom Aquino. Os PMs realizaram trabalho de checagem e identificaram que se tratava de um veículo roubado horas antes, no bairro Poção. O proprietário do carro foi acionado, compareceu ao local com a chave reserva, recuperou o automóvel e registrou um boletim de ocorrência do caso.

No período da tarde, por volta de 15h40, policiais do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Metropolitanas (Rotam) receberam informações sobre um roubo a residência, no bairro Morada do Ouro, onde os suspeitos teriam levado diversos pertences e uma caminhonete S-10 cor cinza.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre prisão de segundo envolvido em homicídio em São José do Xingu

Uma das vítimas acionou o sistema de rastreamento do seu celular, levado pelos suspeitos, e informou a localização aos policiais, que se deslocaram para uma região próxima do bairro Residencial Buriti. A equipe do Águia 03 do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) também prestou apoio a ocorrência e localizou a caminhonete escondida debaixo de árvores. No local, nenhum suspeito do crime foi localizado. As vítimas foram acionadas e fizeram a recuperação do veículo e o registro da ocorrência na Central de Flagrantes.

Já durante a manhã desta quinta-feira, por volta de 07h, a equipe da Base Comunitária do Boa Esperança, encontrou um veículo Fiat Uno abandonado sem uma das rodas traseiras. Em verificação no sistema, os policiais identificaram que o carro havia sido furtado no dia 22 deste mês. Os policiais realizaram contato com o proprietário do veículo para fazer sua recuperação.

Produtividade em 2021

No ano de 2021, a Polícia Militar registrou a recuperação de cerca de 1,4 mil veículos frutos de crimes de furtos e roubos, em todo o Estado. Além da localização dos automóveis e motocicletas, o trabalho da PM consiste em proporcionar aos proprietários e vítimas dos crimes, a devolução dos veículos.

Leia Também:  Campeonato de Free Fire é realizado em Colíder, com mais de 200 jogadores

Disque-Denúncia

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

 
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EDUCAÇÃO

Corte afeta ajuda a alunos e deixa animais sem comida na UFMT

Publicados

em

O recente corte de gastos promovidos pelo Ministério da Educação começa a afetar o funcionamento da Universidade Federal de Mato Grosso. 

A Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Prae) comunicou nessa quarta-feira (07) que, após as medidas adotadas pelo Governo Federal tornou-se inviável o pagamento dos 1.726 auxílios/bolsas de dezembro desse ano.

O gasto com essas assistências totalizam R$ 595.172 mensais, mas o atual saldo em caixa da UFMT é de aproximadamente R$10.000. 

A Prae ressaltou que esses auxílios e bolsas são essenciais para a permanência dos estudantes da UFMT que estão em situação de vulnerabilidade econômica. 

Sem comida 

Outro setor que também sentiu o corte foi o Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres (Cempas) da UFMT, que está impossibilitado de comprar comida para os animais sob tutela da faculdade.

Roberto Lopes de Souza, diretor da faculdade de Medicina Veterinária da UFMT, conta que tem buscado ajuda do Ministério Público e do Juizado Ambiental para conseguir verba emergencial.

A esperança é que esses órgãos consigam disponibilizar o dinheiro arrecadado de multas ambientais para ser aplicado nas despesas do Cempas.

Leia Também:  Polícia Civil esclarece homicídio de jovem desaparecido em Tangará da Serra

O diretor também revela que é essencial conseguir essa verba emergencial o quanto antes. Caso o curso de Veterinária da UFMT não consiga o repasse, o diretor conclui que os animais poderão morrer de fome.

Atualmente há cerca de 300 animais sob tutela do Cempas, entre porcos-do-mato, jacarés, aves, macacos, jaguatiricas, antas e outros silvestres.

  

Antes de se tornar um centro de medicina, o Cempas era o famoso Zoológico da UFMT, que era aberto à visitação pública.

“Mídia News”

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA