CUIABÁ

Siga nossas redes

MATO GROSSO

Governador ainda revelou que desistiu de comprar a Sputnik V após avanço no programa de imunização

Publicado em

MATO GROSSO

O governador Mauro Mendes (DEM) acredita que até o fim de agosto todos os mato-grossenses acima dos 18 anos estarão vacinados com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19.

A afirmação foi feita ao Programa Conexão Poder, exibido nas redes sociais nesta sexta-feira (20).

Segundo Mauro Mendes, o Programa Nacional de Vacinação (PNI) tem avançado nas últimas semanas. Nesta sexta-feira, Mato Grosso recebeu 94.480 doses de vacinas para a imunização de grupos prioritários.

“Eu falo muito com os prefeitos. Tem muitas cidades de Mato Grosso que já estão vacinando pessoas com 18 anos. Algumas [prefeituras] estão atrasadas porque estão estocando vacina”, afirmou.

Tem prefeito que já estava fazendo busca ativa, batendo na porta para ver se consegue terminar de vacinar. Já está estabilizando e acredito que até o fim do mês todos os municípios de Mato Grosso vão estar com a população de 18 anos para cima com a primeira dose já tomada”, emendou.

Se a perspectiva do governador se concretizar, toda a população maior de idade do Estado deverá estar imunizada com as duas doses até o fim do ano. 

Isso porque as vacinas Pfizer e Astrazeneca pedem três meses entre a primeira e segunda doses, enquanto a Coronavac é de 28 dias e a Janssen tem dose única.

Segundo o Consórcio de Imprensa, até a quinta-feira (19) Mato Grosso já havia vacinado 52,6% da população com a primeira dose e 19,9% com a segunda ou vacina de dose única.

Sputnik

No início do ano, Mato Groso chegou a entrar em tratativa com o Fundo Russo para realizar a compra do imunizante Sputnik V e acelerar a imunização no Estado.

Devido ao avanço no PNI e as condicionantes que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Mendes disse que o Estado não tem mais interesse na compra.

“Criaram tantas condicionantes que é a mesma coisa de dizer não. […] Criou-se uma comissão técnica dos estados que queriam comprar essa vacina, corremos atrás para cumprir. Há 10 dias vimos a relatoria, faltava cumprir uma condicionante”, afirmou. 

“Só que, gente,  a essa altura do campeonato eu não vou mais comprar vacina. Já está todo mundo tomando a primeira dose. Nós tentamos, assinamos o contrato com o Fundo Russo. Naquele momento fazia sentido, mas nesse momento não faz mais”, completou.

Já está estabilizando e acredito que até o fim do mês todos os municípios de Mato Grosso vão estar com a população de 18 anos para cima com a primeira dose já tomada.

“Mídia News”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Terça-feira (06): Mato Grosso registra 458.874 casos e 12.210 óbitos por Covid-19
Propaganda

MATO GROSSO

Mulher é agredida pelo ex e pela irmã dele após cobrar ajuda para comprar leite da filha

Publicados

em

Por Yuri Ramires

Jovem de 20 anos foi agredida pela ex-cunhada e teve o carro quebrado pelo ex-marido, após ir até a casa dele cobrar ajuda para comprar leite para a filha, na madrugada desta segunda-feira (20), em Nova Mutum (264 km ao Norte de Cuiabá). Agressor conseguiu fugir, mas a irmã dele foi presa pela Polícia Militar.

De acordo com as informações da PM, viatura foi acionada para atender uma ocorrência no bairro Palmeiras. No local, encontrou a vítima já ferida, relatando que foi até a casa do ex-marido, cobrar ajuda para comprar o leite da filha que teve com ele.

Ela ressalta que o alimento acabou e que faz algum tempo que ele não ajuda nas despesas da criança. Mas, quando abordou o assunto, foi empurrada e agredida com socos. Quando ia saindo da casa, o agressor tomou a chave do veículo da vítima.

Ele jogou fora, nos fundos de outra casa e em seguida, passou a quebrar vidros do veículo e amassar a lataria. Como se não bastasse a violência que estava sofrendo, a irmã do suspeito chegou no local quando a PM já atendia a ocorrência.

Revoltada com a situação, ela foi para cima da vítima, desferindo socos e chutes contra a mulher. Nesse momento, o agressor aproveitou para fugir e pulou muro da casa dos vizinhos. A irmã dele foi presa em flagrante e o caso será investigado pela Polícia Civil.

“Gazeta Digital”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  MT: Servidores da Educação cruzam os braços em paralisação contra PEC 32 e outras pautas
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA