CUIABÁ

Siga nossas redes

ENTRETENIMENTO

Globo erra e perde audiência ao imitar quadros de sucesso do SBT

Publicado em

ENTRETENIMENTO

TV Globo está numa fase nada boa. Além de mandar inúmeros atores consagrados, que tinham contratos longos, embora, também tem errado feio e está perdendo audiência em sua grade de programação ao imitar quadros antigos e de sucesso do SBT, emissora concorrente da platinada.

Um levantamento mostra quais as atrações que tem imitado o canal de Silvio Santos. Confira!

Caldeirão com Mion

No começo de junho, o “Caldeirão com Mion” estreou um novo quadro chamado “Toque de Caixa”, que é igual ao que tinha no programa do Gugu no “Domingo Legal”: colocar a mão em um bicho misterioso.

Toque de Caixa de Marcos Mion: o jogo começa com um sorteio: quem tira um “mionzeira” começa a brincadeira. A cada rodada, a dupla se divide e escolhe um número no telão. Primeiro, o parceiro confere o que tem dentro da caixa e faz uma aposta: um ou dois pontos, caso acertem. Depois, o famoso tem 45 segundos para tentar adivinhar o tal conteúdo apenas pelo tato, com ouvidos e olhos tampados. Se errarem, são os adversários que ficam com os pontos. Quem fizer dez pontos primeiro carimba o passaporte para a segunda etapa do quadro.

Leia Também:  'BBB 22': ex de Paulo André declara torcida para atleta

Mais Você

Já o programa “Mais Você”, comandado por Ana Maria Braga, ‘criou’ um quadro idêntico ao do “Programa da Eliana“, do SBT. O ‘Feed da Ana’ mostra vídeos engraçados, coisas inusitadas e desafios que está bombando na internet, assim como o ‘Famosos da Internet’, que é um quadro onde os autores dos vídeos com maior número de visualizações postados na internet, são convidados para virem ao palco da atração para comentar sobre a repercussão do vídeo na web.

Pipoca da Ivete

No dia 24 de julho estreou na tela da Gobo o “Pipoca da Ivete”, novo programa comandado por Ivete Sangalo. A atração dominical é um mix dos programas do SBT dos anos 90, e conta com gincanas e quadros iguais ao da emissora de Silvio Santos.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Participante de Largados e Pelados é achada morta em cena “misteriosa”

Publicados

em

A morte de Melanie Rauscher, de 35 anos, está intrigando agentes do Departamento de Polícia de Prescott, no estado do Arizona (EUA). Ex-participante do reality show Largados e Pelados (Discovery Channel), a mulher foi encontrada morta no último dia 17 de julho, no quarto de hóspedes de uma casa de família que a chamou para cuidar de seus cachorros enquanto viajavam. A informação foi divulgada pelo site TMZ e confirmada por um amigo que também esteve confinado no reality de sobrevivência.

De acordo com Corey Kasun, representante do Departamento de Polícia de Prescott, o casal achou Melanie deitada na cama em “circunstâncias misteriosas”. Perto dela, haviam algumas latas de ar comprimido — normalmente usadas para tirar poeira de computadores. Os objetos chamaram a atenção dos detetives, mas ainda não se sabe se os itens estão relacionados com o falecimento da norte-americana.

Até o fechamento desta reportagem, não foram encontrados vestígios de uso de drogas e nem uma nota de suicídio. Os policiais responsáveis pelo caso também não identificaram pistas que apontariam para um assassinato, portanto, aguardam o laudo dos legistas para entender a causa da morte.

Leia Também:  Herdeiro do criador de “Fofão” processa Carreta Furacão e McDonald´s por plágio

Melanie Rauscher participou de Largados e Pelados em 2013. No programa, duas pessoas são deixadas em uma floresta, sem roupas, comida, água ou qualquer outro tipo de suprimento. Dessa forma, eles precisam unir esforços para sobreviver em meio à natureza. Ela voltou ao reality show em 2015 para o spin-off: Largados e Pelados – A Tribo.

Jeremy McCaa, que também participou de Largados e Pelados, lamentou a morte da parceira e amiga em sua página no Facebook. “Tínhamos uma química muito grande no programa, e ela floresceu em uma amizade que palavras não podem descrever. Sua risada era única. A amizade dela era incrível. Mesmo que não tivéssemos o mesmo sangue éramos uma família. Sempre podia contar com ela”, escreveu. “Tivemos tantos momentos em que nos apoiamos. Ela era minha esposa do pântano, uma melhor amiga, uma mulher forte, uma pessoa incrível e sempre apreciarei nossos momentos juntos”, completou.

“Metrópoles”

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA