CUIABÁ

Siga nossas redes

No mercado de ações, a Bolsa fecha em queda

Dólar fecha com maior alta desde abril, custando R$ 5,537

Publicado em

ECONOMIA

Por Agência Brasil

O dólar comercial fechou o dia de hoje (11) a R$ 5,537, registrando aumento de 0,38% em relação à sexta-feira passada (8), quando a moeda norte-americana fechou a R$ 5,516. A cotação de hoje é a maior desde 20 de abril. Na ocasião, o dólar chegou a R$ 5,551. A partir daquele momento, a cotação sofreu quedas em sequência, atingindo o menor nível em 24 de junho, quando fechou em R$ 4,905. Desde então, a cotação tem registrado uma tendência de alta.

Já o índice Ibovespa, da B3, fechou o dia aos 112.180 pontos, com queda de 0,58%. O dia começou positivo na bolsa, chegando aos 113.981 pontos às 10h49. Mas à medida que o dia foi avançando, a queda foi se mostrando mais acentuada. Ainda assim, o Ibovespa vem apresentando leve alta desde terça-feira passada (5), quando fechou em 110.457 pontos. No dia anterior, havia fechado em 110.393 pontos.

Dentre as ações na bolsa, as maiores altas ficaram por conta das empresas Pão de Açúcar ON (5,28%), Embraer ON (4,89%) e Cemig PN (3,18). As maiores baixas foram do Banco Inter (-10,22%), do Banco Inter PN (-9,82%) e do Banco Pan PN (-8,07%).

´´EBC“

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Prova de vida: INSS divulga novo calendário
Propaganda

ECONOMIA

Atividade econômica cai 0,15% em agosto, diz Banco Central

Publicados

em

Por Andreia Verdélio

A atividade econômica brasileira teve variação negativa em agosto deste ano, de acordo com dados divulgados hoje (15) pelo Banco Central (BC). O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) apresentou queda de 0,15% em agosto de 2021 em relação ao mês anterior, de acordo com os dados dessazonalizados (ajustados para o período), chegando a 139,23 pontos.

Na comparação com agosto de 2020, houve crescimento de 4,74% (sem ajuste para o período, já que a comparação é entre meses iguais). No ano, foi registrada alta de 6,41%. Em 12 meses encerrados em agosto, o indicador também ficou positivo, em 3,99%.

O índice é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o BC a tomar decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic, definida atualmente em 6,25% ao ano. O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: a indústria, o comércio e os serviços e a agropecuária, além do volume de impostos.

Entretanto, o indicador oficial é o Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No segundo trimestre deste ano, o PIB apresentou variação negativa de 0,1%. No primeiro semestre, o PIB registrou alta de 6,4% e em 12 meses, acumulou alta de 1,8%.

Em 2020, o PIB do Brasil caiu 4,1%, totalizando R$ 7,4 trilhões. Foi a maior queda anual da série do IBGE, iniciada em 1996 e que interrompeu o crescimento de três anos seguidos, de 2017 a 2019, quando o PIB acumulou alta de 4,6%.

´´EBC“

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Assaltantes Invadem Residência E Levam Vítima Como Refém Em Sinop
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA