CUIABÁ

Siga nossas redes

Mato Grosso

Helicóptero cai em fazenda, explode e piloto sobrevive em MT

Publicado em

CIDADES

Um helicóptero caiu em uma fazenda de Campo Verde, a 139 km de Cuiabá, nesta quarta-feira (18), e explodiu, em seguida. Na aeronave, estava apenas o piloto, que sobreviveu ao acidente e foi encaminhado a uma unidade de saúde.

No momento da queda, os funcionários da fazenda terminavam uma colheita de algodão. Eles prestaram os primeiros socorros ao piloto e chamaram ajuda.

A suspeita, segundo a Polícia Militar, é que a aeronave estava sendo usada para dar apoio ao tráfico de drogas. No entanto, próximo ao veículo, foram encontrados apenas pacotes de macarrão instantâneo e latas de sardinha.

“Se era para transporte de drogas, provavelmente, ele estava buscando os entorpecentes. Talvez, por isso, voava baixo, para não ser pego em nenhum radar do estado próximo da capital. Testemunhas contaram que ele foi perdendo a altitude até que caiu e explodiu”, relatou um policial que atendeu a ocorrência.

De acordo com o PM, na queda, o piloto, que é de São Paulo, arremessou quatro celulares e um tablet no fogo. “Talvez para não deixar nenhum vestígio”, pontuou.

A polícia informou que ele estava consciente no momento em que o socorro chegou no local do acidente, mas, a caminho do hospital, teve uma piora no quadro de saúde.

“Ele foi socorrido em estado grave e ficou inconsciente ao chegar no hospital. Ele tem diversas fraturas no rosto, na clavícula e costela. Ainda hoje (18) será transferido para Cuiabá ou Rondonópolis”, disse.

Com o piloto, os policiais apreenderam vários cartões bancários, documentos pessoais, R$ 2.312,00 e US$ 50,00.

As causas do acidente ainda serão investigadas.

O piloto não tem passagem pela polícia, no entanto, o helicóptero que conduzia está irregular desde 2019.

“G1”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Justiça concede liberdade a acusado de atropelar guia em Chapada; tornozeleira será instalada
Propaganda

CIDADES

Jovem vítima de paulada após brincadeira, morre em hospital

Publicados

em

Arão Leite

Um jovem que levou uma pancada na cabeça após uma suposta brincadeira mal interpretada acabou morrendo depois de pelo menos 20 dias internado. O Corpo de Júnior Martins foi encaminhado à Polícia Técnica ainda na quinta-feira onde passou por exames de necropsia e depois foi liberado para velório e sepultamento.

O caso chocou principalmente familiares e amigos. Júnior, segundo informações, era um jovem muito querido por todos e no dia do fato estava em confraternização na Gleba Cinco Mil, entre os municípios de Carlinda e Novo Mundo.

Na ocasião, houve uma brincadeira com uma jovem e o namorado dela, conforme testemunhas, não gostou, pegando um pedaço de madeira e acertando uma paulada na cabeça da vítima que foi socorrida já em estado grave e acabou dias depois não resistindo.

A Polícia Civil irá investigar o caso como homicídio.

Jornal da Cidade

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Bolsonaro pode passar por cirurgia para tirar parte do intestino
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA