CUIABÁ

Siga nossas redes

VIOLÊNCIA

Bandidos de Mato Grosso morrem em confronto com a PM no Pará

Publicado em

CIDADES

Três bandidos de Mato Grosso morreram em confronto com a Polícia Militar no município de Redenção do Sul no Estado do Pará, na madrugada desta terça-feira (3). Eles foram identificados como João Paulo Almeida Silva e Alex Batista Ribeiro. A terceira vítima seria uma adolescente de 17 anos que não teve o nome divulgado.

Os suspeitos seriam da região de Confresa (cerca de 1.000 km de Cuiabá). O confronto aconteceu depois que a PM recebeu informações que uma motocicleta havia sido roubada. Em buscas, os policiais avistaram dois suspeitos, sendo que um deles estaria empurrando um veículo com as mesmas características.

O outro estava em uma segunda moto e fugiu ao perceber a aproximação da viatura. Conforme a imprensa local, houve perseguição e um dos bandidos teria abandonado a moto e entrado em uma residência. Os militares foram atrás dele e teriam sido recebidos a bala. No confronto, três pessoas morreram.

Na residência foram encontradas e cinco motos e mais carcaças que teriam sido roubadas.  A PM também apreendeu uma espingarda calibre 12, uma pistola e um revólver calibre 38.

“Olhar Direto”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cantor sertanejo morre em acidente de moto no interior
Propaganda

CUIABÁ

Justiça afasta Emanuel Pinheiro da Prefeitura; chefe de gabinete é preso

Publicados

em

Chefe de gabinete foi preso; todos foram alvos da Operação Capistrum, que apura ilícitos na Saúde

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) foi afastado do cargo, na manhã desta terça-feira (19), por determinação do Tribunal de Justiça. Ele e sua esposa, a primeira-dama Márcia Pinheiro, também foram alvos de busca e apreensão.

Já o chefe de gabinete de Emanuel, Antônio Monreal Neto, teve mandado de prisão cumprido. Eles foram alvos da Operação Capistrum, que apura ilícitos na Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá.

O prefeito Emanuel e sua esposa Márcia Pinheiro, que foram alvos da Operação Capistrum

O afastamento ocorre por pedido do Ministério Público Estadual e a Polícia Judiciária Civil, através do Naco (Núcleo de Ações de Competência Originária) da Procuradoria-Geral de Justiça.

As buscas e apreensões e sequestro de bens ocorrem na residência do prefeito e da primeira-dama, do chefe de Gabiente Antônio Monreal Neto, da Secretária Adjunta de Governo e Assuntos Estratégicos Ivone de Souza e do ex-Coordenador de Gestão de Pessoas Ricardo Aparecido Ribeiro.

Os pedidos foram acolhidos pelo Tribunal de Justiça no âmbito do procedimento de nº 47.520/2021, o qual corre em segredo de justiça.

O Gaeco da Capital e a Decor (PJC-MT) prestaram apoio ao Naco para cumprimento dos mandados judiciais que foram cumpridos na presente data.

Além da medida criminal determinada pelo Egrégio Tribunal de Justiça, o Ministério Público propôs, através do Naco, ação cível por ato de improbidade administrativa visando a aplicação das sanções da lei de improbidade, bem como apresentou pedidos de indisponibilidade de bens e afastamento de agentes públicos.

A Prefeitura será assumida pelo vice-prefeito, José Roberto Stopa (PV).

Baixada Cuiabana com informações são do site Midianews

Leia Também:  Ativista ‘antimáscaras’, morre de Covid-19 aos 30 anos nos Estados Unidos
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA