CUIABÁ

Siga nossas redes

Agronegócios

Senar-MT oferta capacitação técnica de etnoturismo para indígenas no Parque do Xingu

Publicado em

Agronegócios


O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) ofertou dois cursos de capacitação para 20 indígenas do Parque Indígena do Xingu (MT). Indígenas das etnias Ikpeng, Kayabi e Kamayurá realizaram o Curso de Planejamento para Implantação do Turismo Rural e o Curso de Oportunidades de Negócios e Economia Criativa no Turismo Rural na aldeia Ilha Grande, localizada no município de Querência (MT).

Promovidos pela parceria entre Senar-MT e Sindicato Rural de Canarana (MT), os cursos tiveram o apoio da Coordenação Regional Xingu (CR), unidade descentralizada da Funai em Canarana. A iniciativa teve o intuito de preparar os indígenas para a atividade turística em suas aldeias, por meio da aquisição de conhecimento técnico que lhes permitirá não só definir planos de visitação que atendam aos requisitos da normal legal vigente, mas também buscar geração de renda e autonomia.

O coordenador da CR Xingu, Gleiky Jhone da Silva Magalhães, afirma que iniciativas de capacitação técnica são imprescindíveis para atender as demandas por conhecimento nas aldeias das Terras Indígenas Parque do Xingu, Terra Indígena Batovi, Pequizal do Naruvôtu e Wawi, áreas de jurisdição da unidade. “A atividade turística tem trazido grandes benefícios no âmbito da geração de renda, fortalecimento cultural e preservação do meio ambiente. Acredito que seja esse o caminho de um futuro de qualidade para essas comunidades indígenas”, pontua Magalhães.

Leia Também:  MANDIOCA/CEPEA: Com disponibilidade reduzida e demanda firme, cotações continuam em alta

Etnodesenvolvimento

Em 2017, a Funai havia aprovado o primeiro plano de visitação na região da Aldeia Naruvôtu, beneficiando as etnias Kalapalo e Naruvôtu. No ano seguinte houve a aprovação dos planos de visitação da aldeia Morena – etnia Kamayurá, da aldeia Ilha Grande – etnia Kayabi, e da aldeia Kamitatuwalo – etnia Waura. Em 2019 foram aprovados os planos em favor das aldeias Tehuhungu – etnia Kalapalo; e Ngahünga – etnia Matipu. Já em 2020 a fundação aprovou o plano de visitação da aldeia Afukuri – etnia Kuikuro. Em 2021 foi a vez da aldeia Tafununo – também da etnia Kuikuro – ter seu plano de visitação aprovado.

Kanawayuri Leandro Marcello Kamayurá, que conduziu a articulação dos órgãos parceiros para a realização dos cursos, disse que a recente capacitação na área de etnoturismo foi a primeira a ser realizada no Xingu. “Avalio a iniciativa como necessária para trazer qualificação profissionalizante para nós indígenas termos oportunidade de aprendizado técnico e desenvolvimento de atividades de geração de renda”, salienta o líder indígena.

Leia Também:  Senar-RS credencia empresas para prestação de serviços educacionais
Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócios

Fertilizantes: Serenidade será determinante para passar pela atual crise e produtor tem de focar em otimizar recursos

Publicados

em

Por Carla Mendes.

A crise dos fertilizantes segue preocupando muitos produtores rurais no mundo todo. Seja entre os norte-americanos –  que estão iniciando os trabalhos de campo –  ou entre os brasileiros – que estão tomando suas decisões para a safra 23/2022 – o acesso aos produtos e os preços historicamente altos de todos os grupos trazem alerta e a necessidade de um planejamento bastante detalhado para que os recursos possam ser otimizados. 

Em um webinar promovido pela plataforma Agrobid, com participação do Notícias Agrícolas, o diretor do Ministério da Agricultura, Luis Eduardo Rangel, afirmou que a equipe da pasta segue identificando as principais fragilidades deste momento e que há muita serenidade para que o momento possa ser atravessado sem mais sobressaltos ainda. 

Participaram ainda o gerente de custos de produção da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), Rodrigo Souza, que destacou a importância das boas práticas agrícolas estarem sempre muito presentes nas propriedades, bem como o recado de Adenilson Jardulle, da Jardulli Máquinas, foi para que os agricultores estejam com sua frota de máquinas em dia para que isso seja mais uma ferramenta a seu favor.

Leia Também:  Brumadinho: Assistência Técnica devolve dignidade a produtores rurais

“Notícias Agrícolas”

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA