CUIABÁ

Siga nossas redes

Agronegócios

Produtor rural deve emitir o CCIR a partir do dia 19 de julho

Publicado em

Agronegócios

Começa na próxima segunda-feira, 19 de julho, a emissão gratuita do Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR) do exercício 2021. O procedimento é obrigatório e deve ser feito via internet, pelo site do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) ou via aplicativos para celulares Android ou iPhone. O certificado não é enviado pelos Correios.

O CCIR é uma contribuição anual obrigatória que os proprietários rurais devem recolher junto ao Incra, como se fosse um imposto. Na prática, o CCIR comprova o cadastro do imóvel no chamado Sistema Nacional de Cadastro Rural (SNCR), uma plataforma que reúne as informações cadastrais de todas as terras do Brasil.

Sem o certificado, os proprietários não conseguem fazer nenhuma movimentação em relação aos seus imóveis rurais. O documento é pré-requisito em operações de crédito rural e atualização de matrícula em cartório.

A analista de Assuntos Fundiários e Indígenas da Famato, Anny Dornelles, reforçou que o CCIR somente será válido após a quitação da Taxa de Serviços Cadastrais, por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU). O vencimento da taxa será de 30 dias após a data de lançamento. Caso a quitação não aconteça até a data final, o titular do imóvel deverá emitir a 2ª via do CCIR, com juros e multa.  

Leia Também:  Saúde cria sala de situação para monitorar hepatite aguda em crianças

 Para emitir o novo CCIR, proprietários e possuidores de qualquer título de imóvel rural podem acessar o seguinte endereço eletrônico: https://sncr.serpro.gov.br/ccir/emissao ou https://sncr.serpro.gov.br/dcr.

Em caso de dúvida, procure o sindicato rural mais próximo ou entre em contato com o Núcleo Técnico da Federação da Agricultura de Mato Grosso (Famato) pelo telefone (65) 3928-4447

“NATIVA NEWS’

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócios

Fertilizantes: Serenidade será determinante para passar pela atual crise e produtor tem de focar em otimizar recursos

Publicados

em

Por Carla Mendes.

A crise dos fertilizantes segue preocupando muitos produtores rurais no mundo todo. Seja entre os norte-americanos –  que estão iniciando os trabalhos de campo –  ou entre os brasileiros – que estão tomando suas decisões para a safra 23/2022 – o acesso aos produtos e os preços historicamente altos de todos os grupos trazem alerta e a necessidade de um planejamento bastante detalhado para que os recursos possam ser otimizados. 

Em um webinar promovido pela plataforma Agrobid, com participação do Notícias Agrícolas, o diretor do Ministério da Agricultura, Luis Eduardo Rangel, afirmou que a equipe da pasta segue identificando as principais fragilidades deste momento e que há muita serenidade para que o momento possa ser atravessado sem mais sobressaltos ainda. 

Participaram ainda o gerente de custos de produção da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), Rodrigo Souza, que destacou a importância das boas práticas agrícolas estarem sempre muito presentes nas propriedades, bem como o recado de Adenilson Jardulle, da Jardulli Máquinas, foi para que os agricultores estejam com sua frota de máquinas em dia para que isso seja mais uma ferramenta a seu favor.

Leia Também:  Trabalhadores nascidos em abril podem sacar auxílio emergencial

“Notícias Agrícolas”

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA