Moro diz que Bolsonaro não cumpriu promessa eleitoral: ‘Agenda anticorrupção não teve impulso do presidente’
Mais um: Morador em Colíder, com covid-19 é internado em estado grave em UTI do HRCOL
Espanha amplia relaxamento e quer volta de turistas em julho
EUA proíbem entrada de viajantes que passaram pelo Brasil
Publicado em 03/09/2019
Trabalhador colidense diz que atirador apontou arma para ele e puxou o gatilho duas vezes na MT 320
Policia
Trabalhador colidense diz que atirador apontou arma para ele e puxou o gatilho duas vezes na MT 320

Por Joel Teixeira

O jovem trabalhador, Elias Sampati dos Santos Júnior, 29 anos, morador em Colíder (MT) dirigia um veículo GM Celta, sentido Colíder  Nova Canaã do Norte,na MT 320, próximo à entrada da cidade,por volta as 14h30 de segunda-feira(3), quando segundo ele, fez uma ultrapassagem a uma caminhonete Hillux, branca, placas 9030 e subitamente o motorista da caminhonete teria  apontado uma arma para a direção dele. Elias afirmou ao TV Notícias que o homem chegou a puxar o gatilho por duas vezes, mas acredita que a arma estava travada. Elias ligou para a Polícia Militar de Nova Canaã, mas não teria conseguido sinal, em seguida, conseguiu  ligar para a Polícia de Alta Floresta.

Avisada, a Polícia Civil de Alta Floresta fez diligências pela perimetral Rogério Silva e localizou o suspeito Norberto Marconi Baioni. Após abordado e feito busca pessoal, o suspeito disse à polícia que é atirador e portava uma pistola no veículo dele. Foi localizada uma pistola  de um cano, marca Imbel, cor preta e com registro em nome de Norberto. O homem, morador em Sinop, idade não mencionada em B.O, foi conduzido para a DEPOL para maiores esclarecimentos.

O outro lado

Segundo o Norberto, Elias fechou a caminhonete dele na rodovia MT 320, com uma “carretinha” que estava engatada no Celta em que dirigia, e , emparelhou-se à sua Hillux o xingando. O suspeito nega ter apontado a arma em direção a Elias Sampati Júnior.

Questionado sobre a narrativa de Norberto, Elias disse: “Como ele nega que tenha apontado a arma para mim se eu vi e o denunciei? Se ele não fez eu não ia adivinhar que ele estava com uma arma lá, nem o denunciaria.” Elias nega que tenha fechado e xingado o atirador na rodovia. O jovem Elias é microempreendedor e muito conhecido em Colíder.

O TV Notícias, tentou contato com Norberto Marconi Baioni e o advogado dele, mas até o fechamento dessa matéria não conseguiu falar com eles.

 

Morador de Sinop, Stachin é alvo da PF por disseminar ofensas e ameaças ao STF
Índia autoriza voos domésticos após dois meses
PF faz operação para apurar desvio de recursos na compra de respiradores em Fortaleza
EUA proíbem entrada de viajantes que passaram pelo Brasil
Notícias com enfoque no Estado de Mato Grosso
Todos os direitos reservados ao Grupo Joel Teixeira