Homem negro é espancado até a morte em Carrefour do RS; assista
Publicado em 16/11/2020
Tarcísio Motta é o vereador mais votado no Rio; Carlos Bolsonaro é o 2º, mas perde 35 mil votos em relação a 2016
Vereador do PSOL teve perda menor (4 mil), em eleição com abstenção recorde. Estreante Gabriel Monteiro (PSD), que é PM licenciado, ficou em terceiro.
Política
Tarcísio Motta é o vereador mais votado no Rio; Carlos Bolsonaro é o 2º, mas perde 35 mil votos em relação a 2016

Por G1 Rio

O vereador Tarcísio Motta (PSOL) é o candidato à Câmara Municipal do Rio mais bem votado em 2020, com 86.243 votos.

O vereador trocou de posição com Carlos Bolsonaro (Republicanos) em relação à eleição de 2016. Há quatro anos, o filho do presidente Jair Bolsonaro teve 106.657 votos e foi o primeiro na lista. Neste ano, ele teve 35 mil de votos a menos e somou 71 mil, ficando atrás de Tarcísio.

VEJA OS 51 VEREADORES ELEITOS

Tarcísio também registrou queda no número de votos em relação à penúltima eleição, de cerca de 4 mil a menos. A redução de ambos se deu em meio ao recorde histórico de abstenção no município – mais de 32%.

O cientista político Jairo Nicolau afirma que a diminuição de votos válidos ocorre principalmente por conta da pandemia.

Estreante, o policial militar Gabriel Monteiro (PSD) ficou em terceiro — à frente do experiente Cesar Maia (DEM), pai do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

O ex-prefeito Cesar Maia (DEM) foi o quarto e Chico Alencar (PSOL), o quinto.

Mônica Benício (PSOL), viúva da vereadora Marielle Franco, executada em 2018, foi eleita e teve a 10º maior votação.

´´G1/Globo``

Notícias com enfoque no Estado de Mato Grosso
Todos os direitos reservados ao Grupo Joel Teixeira