Assista! Secretário Estadual de Cultura, Esporte e Lazer, visita Colíder
SORRISO: Mulher é morta com mais de 20 facadas; ex-marido é suspeito
Serial killer Lázaro Barbosa é suspeito de assassinato em Cocalzinho quatro dias antes da chacina em Ceilândia
Câmara Itinerante: Vereadores participam nesta sexta do 1º Governo Itinerante da Prefeitura de Colíder
Publicado em 11/05/2021
SP suspende preventivamente vacinação contra Covid de grávidas com comorbidades
Medida ocorre após Anvisa recomendar que grupo não seja vacinado com o imunizante da AstraZeneca. Imunização do grupo estava prevista para começar em todo o estado nesta terça-feira (11). Na capital,
Saúde
SP suspende preventivamente vacinação contra Covid de grávidas com comorbidades

Por G1

O governo de São Paulo suspendeu a vacinação grávidas com comorbidades, que deveria começar a ser feita a partir desta terça-feira (11), conforme calendário da gestão estadual.

A medida ocorre de forma preventiva, após a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendar a suspensão imediata da aplicação da vacina contra Covid da AstraZeneca/Fiocruz nesse público.

O texto da nota emitida pela agência reguladora diz que a orientação é que "seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) a indicação da bula da vacina AstraZeneca e que a orientação é resultado do monitoramento de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas Covid em uso no país". A Anvisa, no entanto, não relatou nenhum evento adverso ocorrido em grávidas no Brasil.

Na capital paulista, o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, disse que o município não tem doses das vacinas da Pfizer e CoronaVac, os outros dois imunizantes usados no país, para manter a vacinação desse público, e que ainda não há previsão de quando o grupo poderá ser vacinado.

Ainda de acordo com o secretário, a suspensão não afeta a vacinação das puérperas com comorbidades, que poderão ser imunizadas a partir desta terça (12).

Aparecido também afirmou que a gestão municipal aguarda receber novas orientações do Ministério da Saúde.

"Nossos técnicos acharam mais prudente suspendermos preventivamente a aplicação da AstraZeneca nas gestantes até que haja um posicionamento formal do Ministério da Saúde", disse o secretário.

Nesta terça (11), o estado de São Paulo começou a vacinar contra a Covid pessoas com deficiência permanente com idade entre 55 e 59 anos e metroviários e ferroviários. A expectativa é a de vacinar 140 mil pessoas nestes novos grupos prioritários.

 

Novos públicos

O próximo grupo no calendário estadual será o de pessoas com comorbidades com idade entre 55 e 59 anos, a partir da quarta-feira (12).

Na sexta-feira (14), começa a vacinação de pessoas com idade entre 50 e 54 anos com doenças preexistentes ou deficiência permanente.

E na próxima terça, dia 18, motoristas e cobradores de ônibus municipais e intermunicipais começarão a ser imunizados. Segundo o governo estadual, 165 mil pessoas vão receber a vacina nesta etapa.

 

Vacinação na capital

Na capital paulista, a vacinação ocorre em nove postos drive-thru, que foram reativados nesta terça (11). Os locais estarão abertos apenas para aplicação de primeira dose do grupo elegível.

A aplicação de segunda dose ocorre nas demais unidades de saúde da cidade.

 

468 Unidades Básicas de Saúde (UBS)

De segunda a sexta, das 7h às 19h.

Os endereços das unidades básicas de saúde podem ser acessados pela ferramenta Busca Saúde.

 

AMAS/UBS Integradas

De segunda a sábado, inclusive feriados, 7h às 19h.

 

Centros de Saúde

  • CS Escola Barra Funda - Alexandre Vranjac - Av. Dr. Abrãao Ribeiro, 283 - Bom Retiro
    Atendimento para vacinação: de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h
  • CS Escola Geraldo de Paula Souza - Av. Dr. Arnaldo, 925 - Sumaré
    Atendimento para vacinação: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
  • CS Escola Samuel Barnsley Pessoa – Av. Vital Brasil, 1.490 - Butantã
    Atendimento para vacinação: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

 

17 SAEs - Serviços de Atenção Especializada

De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

 

Postos drive-thru

Horário: 8h às 17h
Apenas para vacinação de primeiras doses

  • CENTRO DE EXPOSIÇÕES DO ANHEMBI: Rua Olavo Fontoura, portão 38 - Santana
  • CLUBE HEBRAICA: Rua Ibiapinópolis, 781, na parte superior do Clube - Pinheiros
  • HOSPITAL DOM ALVARENGA: Av. Nazaré, 1.361 - Ipiranga
  • MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA: Rua Tagipuru, 500 (referência Portão 2) – Barra Funda
  • NOVARTIS: Av. Professor Vicente Rao, 90 - Santo Amaro
  • SHOPPING ANÁLIA FRANCO: Av. Regente Feijó, 1.739 - Tatuapé
  • SHOPPING ARICANDUVA: Av. Aricanduva, 5.555, Estacionamento Auto Shopping Acesso pelo Portão P4 - Aricanduva
  • SHOPPING INTERLAGOS: Av. Interlagos, 2.255 - Estacionamento Subsolo, portão5 - Interlagos
  • SHOPPING JARDIM SUL: R. Itacaiúna, 61 - Vila Andrade

´´G1/Globo``

Prefeito de Colíder agradece ao governador, pelos maquinários destinados ao Consórcio Portal da Amazônia
SORRISO: Mulher é morta com mais de 20 facadas; ex-marido é suspeito
Assista! Secretário Estadual de Cultura, Esporte e Lazer, visita Colíder
Serial killer Lázaro Barbosa é suspeito de assassinato em Cocalzinho quatro dias antes da chacina em Ceilândia
Notícias com enfoque no Estado de Mato Grosso
Todos os direitos reservados ao Grupo Joel Teixeira