Massacre em Paracatu: homem mata a ex na casa dela e outros três em igreja evangélica ( veja vídeo )
Via Varejo fecha acordo de R$ 4,5 mi por assédio moral contra funcionários de lojas da Casas Bahia
Gerente da fazenda é atingido por disparos de arma de fogo em Colniza
Publicado em 27/07/2017
Segunda safra do milho em Mato Grosso tem estimativa de novo recorde na colheita
A estimativa é que já foram colhidos 75,19% da safra do cereal.
Agronegócios
Segunda safra do milho em Mato Grosso tem estimativa de novo recorde na colheita

Por Branca Morais

Mato Grosso já tem a fama de ser um dos maiores produtores de grãos e grande representante em excelência no setor do agronegócio, esse ano mais uma vez não será diferente. o Estado será mais uma vez destaque no senário agrícola do país.

Isso se deve ao grande volume na colheita do milho que já é muito satisfatória até o momento, e não é novidade nenhuma que a agricultura vai muito bem e já se fala em safras fenomenais para o ano que vem.  

Que agricultura ultimamente vem salvando a economia do país, isso é fato. Mas mesmo assim, o Governo Federal lançou um novo plano safra para o ano de 2018, dificultando alguns trâmites para os créditos nesse setor.

A colheita de milho continua acelerada, avançando 13,17 pontos percentuais na semana encerrada no último dia 21 de julho.

Com esse progresso acelerado dos trabalhos nos campos, o (Imea) Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária estima que já foram colhidos 75,19% da área destinada à segunda safra do cereal.

De acordo com o órgão, a colheita está adiantada em 7,97 pontos percentuais em relação à safra 2015/16 e 21,40 pontos percentuais quando comparado à média dos últimos cinco anos.

As regiões mais avançadas são a médio-norte (91,07%), a norte (80,16%) e a oeste (73,54%). O processo segue

Nesta semana, a produtividade média ponderada pelas regiões ficou em 108,95 sacas/ha, oscilando de 90 a 130 sacas/ha, média que está acima do valor estimado na última previsão de safra. Estes números representam uma fração da safra e ainda restam 24,8% da área a ser colhida.

Apesar da frente fria que atingiu o Estado alguns dias atrás, o processo não sofreu grandes interferências, porém, a partir deste momento, naturalmente com o aproximar do fim da colheita, ela tende a diminuir o ritmo gradativamente até a conclusão dos trabalhos no campo.

 

Notícias com enfoque no Estado de Mato Grosso
Todos os direitos reservados ao Grupo Joel Teixeira