Suposta troca de tiros entre PM e bandidos nessa tarde em zona rural de Colíder
"Vida longa aos homens de honra": Tenente pede HC preventivo para evitar prisão dele em operação do Gaeco
Polícia Militar prende dois homens e duas mulheres que assavam animais silvestres em churrasco
Veja vídeo: Sniper mata sequestrador e reféns são salvos sem ferimentos no RJ
Publicado em 22/04/2019
Menina de 11 anos relatava os abusos sexuais em diário; pai confessa que jogou feto em rio
Policia
Menina de 11 anos relatava os abusos sexuais em diário; pai confessa que jogou feto em rio

Por Rafael Medeiros

O caso de L.P.P., de 11 anos, chamou a atenção dos cuiabanos durante esta semana. A garota que ficou grávida do próprio pai e que acabou realizando aborto provocado por medicamentos dados pelo genitor, revelou carícias íntimas em um diário, quando ela tinha 9 anos.

A informação consta do depoimento da mãe da vítima, que O Bom da Notícia teve acesso. Segundo a mãe N.P.G., há dois anos ela se deparou com as declarações suspeitas da criança em seu diário, a menina dizia que amava o pai [de paixão], com quem trocava carícias e beijos. Na época, a  mãe estranhou que havia grande contato físico entre a filha e o marido. Então, chamou a filha para uma conversa. 

A menina alegou que os beijos eram só “selinhos” dados pelo pai biológico. Na ocasião o marido questionou a mulher e disse que se tratava de carinho de ‘pai para filha’.

A mãe conta que chegou a entregar as anotações da filha para a cunhada, que mostrou o material para uma psicóloga, que a orientou a manter vigilância na família. Depois disso a mãe esqueceu o assunto.

Após quase dois anos, nas últimas semanas a mulher percebeu que a filha caçula apresentava grandes mudanças no corpo, com o aumento da barriga. A filha mais velha, de 14 anos, disse que as amigas na escola comentaram que a irmã parecia estar grávida.

Depois do aborto, na madrugada de terça-feira (16), os abusos vieram à tona. Em depoimento o frentista Cleiton da Paixão Guimarães, 39 anos, confessou os abusos, alegando que manteve relação sexual com a filha em três ocasiões. O maníaco sexual confessou ainda que jogou o feto de cerca de 5 meses no rio Coxipó. Cleiton teve a prisão em flagrante convertida em preventiva. O juiz Marcos Faleiros, da 11° Vara Militar, pediu uma 'cela segura' para o detento não morrer nas mãos dos criminosos.

A criança

A menina continua hospitalizada e será ouvida em inquérito policial da Delegacia de Defesa dos Direitos da Criança (Deddica).

Fonte: O Bom da Notícia

Há 30 anos, o Brasil se despedia de Raul Seixas: louco, visionário, roqueiro
Operação Tapiraguaia prende ex-prefeito e faz buscas na casa do ex-deputado federal Valtenir Pereira
"Vida longa aos homens de honra": Tenente pede HC preventivo para evitar prisão dele em operação do Gaeco
Perdeu! Povo diz que está sendo assaltado em plena luz do dia no Lago dos Pioneiros em Colíder
Notícias com enfoque no Estado de Mato Grosso
Todos os direitos reservados ao Grupo Joel Teixeira