CUIABÁ

Siga nossas redes

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco Ambiental) e as Secretarias de Estado de Segurança Pública e de Meio Ambiente promovem uma operação na região de Colniza (759 km de Cuiabá) para impedir a prática de incêndios florestais criminosos

Força Tarefa faz operação em MT após denúncia de “dia do fogo”

Publicado em

MATO GROSSO

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco Ambiental) e as Secretarias de Estado de Segurança Pública e de Meio Ambiente promovem uma operação na região de Colniza (759 km de Cuiabá) para impedir a prática de incêndios florestais criminosos.

A informação é de que moradores da região estariam planejando um “dia do fogo” na região.

As investigações para apurar a responsabilidade por incêndios está a cargo do Gaeco Ambiental e das Delegacia Especializada do Meio Ambiente (DEMA) e Delegacia de Colniza. Por imagens de satélite, é possível identificar o local e o horário aproximado do início dos focos de calor. Isso possibilita identificar incêndios criminosos e apurar a responsabilidade.

Dezenas de ações estão sendo ajuizadas para responsabilizar desmatamentos e incêndios florestais já identificados na região, principalmente na fazenda Magali.

Está proibido o uso do fogo em Mato Grosso desde o dia 1º de julho, e a vedação segue até 30 de outubro. Durante esses meses, fica proibido o uso de fogo em áreas rurais para limpeza e manejo, levando em consideração o risco de incêndios florestais de grandes proporções. Já o uso do fogo em áreas urbanas é proibido o ano todo.

Leia Também:  Pecuária de MT quebra novo recorde e rebanho atinge 32,7 milhões de cabeças

Repressão – A Polícia Militar comandará uma operação de presença ostensiva das agências de segurança no local e, se necessário, adotará medidas de repressão. As equipes estão sendo enviadas para apurar os fatos integradas pela PM, Polícia Ambiental, Sesp e Sema.

“Página12”

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Motorista dorme ao volante após noite de bebedeira e capota Palio na Mário Andreazza

Publicados

em

O motorista de um Palio Weekend perdeu o controle da direção, após dormir ao volante, capotou e bateu na estrutura metálica de uma placa, na Rodovia Mário Andreazza, em Várzea Grande. O acidente aconteceu por volta das 7h deste sábado (06).

Uma testemunha relatou que o condutor dormiu ao volante, após uma noite de bebedeira. A Polícia Militar e o Samu confirmaram a ingestão de bebidas alcoólicas.

O veículo capotou logo na entrada da ponte que liga Cuiabá e Várzea Grande. O carro só parou quando atingiu a placa de boas-vindas à “cidade industrial”.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e prestou atendimento ao homem. Ele foi encaminhado até uma unidade de saúde, onde recebe atendimento médico.

“Repórter MT”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo fomenta melhoramento genético de rebanho leiteiro na Região Oeste
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA