CUIABÁ

Siga nossas redes

Presente de Mauro Mendes

Citado e preso pela Grampolandia e mais cinco são promovidos a coronel em MT

Publicado em

MATO GROSSO

Por Emily Magalhães

O governador Mauro Mendes (DEM) definiu os seis tenentes-coroneis que serão promovidos a patente mais alta da Polícia Militar de Mato Grosso. Os “novos coroneis” são: Adnilson de Arruda, Januário Antônio Edwiges Batista, Fernando Augustinho O. Galindo, Paulo Cézar da Silva, Jane de Souza Melo e Ronaldo Roque da Silva.

Eles “venceram” uma disputa com 18 nomes aptos a promoção. A lista inicial foi enviada pelo comandante-geral da PM, coronel Jonildo Assis. A posse deve ocorrer em cerimônia ao dia 7 de Setembro.

O destaque na lista é Januário Batista. Em 2017, ele chegou a ser preso por suposto envolvimento no episódio de escutas clandestinas ilegais na Polícia Militar, no episódio conhecido como “Grampolândia Pantaneira”. 

Batista chegou a responder uma ação penal militar. Todavia, acabou inocentado no caso em julgamento realizado em 2019.

Os demais tenentes-coroneis promovidos são considerados “operacionais”. Ronaldo Roque da Silva é o atual comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope), enquanto Paulo Cesar da Silva é o chefe da Rotam (Ronda Ostensiva Tático Móvel). 

Fernando Augustinho Galindo é o atual comandante do 3º Batalhão da PM, que engloba a região da grande Morada da Serra, uma das mais populosas da Capital. Única mulher promovida, a tenente-coronel Jane Melo chefia o 9º Batalhão, responsável pela área da grande Coxipó, também em Cuiabá.

O “representante do interior” na lista de promovidos é Adnilson de Arruda, que comanda a região de Alta Floresta.

Januário Antônio Edwiges Batista, que chegou a ficar preso por quase um mês por ter sido acusado de participar do esquema das interceptações telefônicas clandestinas, conhecida como grampolândia pantanaeira.

Leia Também:  Indígenas de MT realizam prova de carro para obter primeira CNH

Confira os novos coroneis:

Adnilson de Arruda – Alta Floresta 

Januário Antônio Edwiges Batista – Várzea Grande

Fernando Augustinho O. Galindo – 3ª BPM

Paulo César da Silva – Rotam 

Jane de Souza Melo – 9º BPM

Ronaldo Roque da Silva – Bope

‘Folhamax’

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Mulher é agredida pelo ex e pela irmã dele após cobrar ajuda para comprar leite da filha

Publicados

em

Por Yuri Ramires

Jovem de 20 anos foi agredida pela ex-cunhada e teve o carro quebrado pelo ex-marido, após ir até a casa dele cobrar ajuda para comprar leite para a filha, na madrugada desta segunda-feira (20), em Nova Mutum (264 km ao Norte de Cuiabá). Agressor conseguiu fugir, mas a irmã dele foi presa pela Polícia Militar.

De acordo com as informações da PM, viatura foi acionada para atender uma ocorrência no bairro Palmeiras. No local, encontrou a vítima já ferida, relatando que foi até a casa do ex-marido, cobrar ajuda para comprar o leite da filha que teve com ele.

Ela ressalta que o alimento acabou e que faz algum tempo que ele não ajuda nas despesas da criança. Mas, quando abordou o assunto, foi empurrada e agredida com socos. Quando ia saindo da casa, o agressor tomou a chave do veículo da vítima.

Ele jogou fora, nos fundos de outra casa e em seguida, passou a quebrar vidros do veículo e amassar a lataria. Como se não bastasse a violência que estava sofrendo, a irmã do suspeito chegou no local quando a PM já atendia a ocorrência.

Revoltada com a situação, ela foi para cima da vítima, desferindo socos e chutes contra a mulher. Nesse momento, o agressor aproveitou para fugir e pulou muro da casa dos vizinhos. A irmã dele foi presa em flagrante e o caso será investigado pela Polícia Civil.

“Gazeta Digital”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ex-candidato a vereador é encontrado morto dentro de casa em Sinop
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA