Sogro que matou genro após receber mensagem da filha se apresenta à delegacia e é liberado após depoimento
Nobel de Economia premia trio pelo combate à pobreza no mundo
Sergipe é segundo estado em situação de emergência por mancha de óleo
Nossa luta contra Bolsonaro é a mesma que fizemos contra Lula e Dilma, diz cacique Raoni
Publicado em 08/10/2019
Jovem colidense sofre AVC e por falta de neurocirurgião é encaminhada para Sinop, mas morre após cirurgia
Saúde
Jovem colidense sofre AVC e por falta de neurocirurgião é encaminhada para Sinop, mas morre após cirurgia

Por Joel Teixeira

Dieli Almeida Lima, 20 anos, nascida e moradora em Colíder (MT) teve um AVC ( acidente vascular cerebral) na madrugada de Domingo (06), foi levada ao HRCOL onde recebeu os primeiros procedimentos médicos, mas por falta de neurocirurgião, a paciente em estado grave, foi transferida para o  Hospital Regional de Sinop, a 160 km de Colíder. Ela passou por exames e por uma cirurgia no cérebro para drenar secreções advindas do derrame. Após os procedimentos cirúrgicos, Dieli foi internada numa UTI ( unidade de terapia intensiva), mas morreu na noite de segunda-feira (7).

Dieli era casada e trabalhava no Supermercados Machado há dois anos.  

Podia não ter sido fatal

Analisar as circunstâncias de um AVC, cabe somente a um especialista sobre o assunto, mas mostrar a realidade na Saúde local, cabe à imprensa e a todo cidadão que não se conformam com a falta de um profissional neurocirurgião no HRCOL, Hospital regional de Colíder. Há anos, eu jornalista Joel Teixeira, cobro a contratação desse profissional na saúde pública, mas há sempre uma resposta  vazia de que em outros municípios há recursos e se pode enviar o paciente, mas em breve haverá a contratação  de um neurocirurgião para atendimento definitivo aqui. O grande problema é que a maioria dos casos que envolvem traumas na cabeça não podem esperar um encaminhamento ou uma vaga. Exige atendimento e procedimentos cirúrgicos imediatos e é aí que a morte acontece.

Até quando ?

Capitão da PM dá soco em cabo e briga com esposa em Batalhão
Ex-prefeito de Alto Taquari perde direitos políticos por improbidade administrativa
STF volta hoje a julgar Geddel e irmão no caso dos R$ 51 milhões
Sogro que matou genro após receber mensagem da filha se apresenta à delegacia e é liberado após depoimento
Notícias com enfoque no Estado de Mato Grosso
Todos os direitos reservados ao Grupo Joel Teixeira