CUIABÁ

Siga nossas redes

Esportes

Caso não consiga reverter decisão, time terá de atuar em jogos do Campeonato Argentino com reservas e jogadores dos juniores

Publicado em

ESPORTES

O Ministério da Saúde da Argentina emitiu comunicado, no meio da tarde desta quarta-feira, determinando o isolamento por sete dias de todos os integrantes do Boca Juniors que estiveram no Brasil para o jogo contra o Atlético-MG, pela Copa Libertadores. Quando chegarem ao país, no início desta noite, já deverão iniciar o protocolo.

A preocupação na Argentina é que, por causa dos incidentes após o jogo contra o Atlético-MG tenha-se “furado a bolha” de contato dos membros da delegação do Boca Juniors. O grupo foi liberado para deixar o Brasil após 12h de depoimentos em uma delegacia de Belo Horizonte.

Com isso, os 24 jogadores relacionados para o jogo da Libertadores, mais toda a comissão técnica e staff, não poderão estar na partida contra o Banfield, pela segunda rodada do Campeonato Argentino, neste sábado, e para o encontro com o San Lorenzo, na próxima terça, pela terceira rodada. O Boca já se movimenta para tentar adiar, pelo menos, o jogo da terceira rodada.

Segundo documento do Ministério da Saúde argentino, por causa dos episódios já conhecidos, toda a delegação deverá ficar isolada e participar de treinos em uma “bolha, sem intervenção, nem interação de terceiros, como também serem submetidos a avaliações” do corpo médico do clube.

No dia sete do isolamento, todos os membros deverão fazer um teste PCR, segundo o comunicado, evitando deslocamento com terceiros ou qualquer outra atividade social. Para deixar o Brasil, o Boca Juniors teve que se revolver com a Polícia Militar e Civil de Minas Gerais.

Segundo a Polícia Civil de Minas Gerais, foram recebidas duas ocorrências na delegacia de plantão. Na primeira, os integrantes que pagaram fiança foram autuados em flagrante pelo crime de dano qualificado. Após o pagamento, eles foram liberados e responderão o processo em liberdade.

Na segunda ocorrência, outros quatro integrantes da delegação assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelos crimes de lesão corporal e desacato, assumindo o compromisso de comparecer em futura audiência no Juizado Especial Criminal.

“GE”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Futebol feminino: Suécia atropela EUA e quebra invencibilidade de 44 jogos
Propaganda

ESPORTES

Richarlison marca hat-trick e Brasil vence Alemanha na estreia das Olimpíadas

Publicados

em

Seleção Brasileira masculina estreou com vitória nas Olimpíadas. Em Yokohama, nesta quinta-feira, o Brasil derrotou a Alemanha por 4 a 2. O grande destaque do jogo foi Richarlison, que marcou um hat-trick. O atacante Matheus Cunha desperdiçou uma cobrança de pênalti quando o jogo estava 3 a 0.

Pelo grupo D, a Costa do Marfim venceu a Arábia Saudita por 2 a 1, mas a Seleção Brasileira lidera, já que possui o melhor saldo de gols.

Os comandados de André Jardine voltam a campo neste domingo contra os marfinenses, em Yokohama, às 5h30 (de Brasília). Na mesma data, os alemães enfrentam a equipe da Arábia Saudita, às 8h30 (de Brasília).

O jogo – O Brasil dominou o primeiro tempo e deu poucas chances ao seu adversário. A primeira grande chance do jogo foi em chute de Matheus Cunha, que exigiu a defesa do goleiro Müller. Pouco tempo depois, aos seis minutos, Richarlison estreou o marcador. Antony deixou o atacante frente a frente com o goleiro, que fez a primeira intervenção, mas levou o gol no rebote.

O segundo tento brasileiro veio aos 21. Guilherme Arana recebeu na linha de fundo e cruzou para Richarlison, que cabeceou para o fundo das redes. Oito minutos depois, o jogador do Everton fez seu terceiro, em chute colocado, após passe de Matheus Cunha.

O camisa 9 teve a chance de ampliar a vantagem no final do primeiro tempo, em cobrança de pênalti, porém, Muller defendeu.

Segundo tempo

Na etapa final, a equipe de Jardine diminuiu o ritmo e a Alemanha teve mais espaços para atacar. Aos 11, após bate-rebate na entrada da área, a bola sobrou para Amiri que, de primeira, arrematou um belo chute para marcar o gol.

Seis minutos depois de anotar o primeiro tento, os alemães perderam um jogador. Arnold cometeu falta em Daniel Alves e levou o segundo amarelo.

Apesar da desvantagem numérica, o time alemão seguiu tendo oportunidades e descontou aos 38. O atacante Ache, de cabeça, fez o segundo gol. No final do jogo, Paulinho apareceu para fazer o quarto tendo brasileiro e garantir a vitória.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 4 X 2 ALEMANHA

Local: estádio Yokohama, em Yokohama (Japão)
Data: 22 de julho de 2021, quinta-feira
Hora: 8h30 (de Brasília)
Árbitro: Ivan Barton (ESA)
Assistentes: David Moran (ESA) e Zachari Zeegelaar (SUR)

Cartões amarelos: Douglas Luiz (Brasil); Henrichs, Pieper, Uduokhai, Arnold e Stach (Alemanha)
Cartão Vermelho: Arnold (Alemanha)

Gols:
Brasil: Richarlison (aos 6, aos 21 e aos 29 do 1º tempo) e Paulinho (aos 48 do 2º tempo)
Alemanha: Amiri (aos 11 do 2º tempo) e Alche (aos 38 do 2º tempo)

Brasil: Santos; Daniel Alves, Nino, Diego Carlos e Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães e Claudinho (Malcom); Antony (Paulinho), Matheus Cunha e Richarlison (Reinier)
Técnico: André Jardine

Alemanha: Müller; Henrichs, Pieper (Torunarigha), Uduokhai e Raum; Maier, Arnold e Amiri; Stach (Schlotterbeck), Richter (Ache) e Kruse (Löwen)
Técnico: Stefan Kuntz

Confira outros resultados do futebol masculino nas Olimpíadas:
Egito 0 x 0 Espanha
México 4 x 1 França
Nova Zelândia 1 x 0 Coreia do Sul
Costa do Marfim 2 x 1 Arábia Saudita
Argentina 0 x 2 Austrália
Honduras 0 x 1 Romênia
Japão 1 x 0 África do Sul

“GAZETA ESPORTIVA”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Futebol feminino: Suécia atropela EUA e quebra invencibilidade de 44 jogos
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA