CUIABÁ

Siga nossas redes

5 a 0

Com gols de Marta, Debinha, Andressa Alves e Bia Zaneratto, seleção mostra excelente desempenho ofensivo na 1ª rodada

Publicado em

ESPORTES

A seleção brasileira feminina de futebol venceu a China por 5 a 0 na estreia da Olimpíada de Tóquio 2020. Marta, duas vezes, Debinha e Andressa Alves fizeram os gols da vitória no estádio em Miyagi, que recebeu a presença de um pequeno público.

Com os gols de hoje, Marta chega a 12 marcados em Jogos Olímpicos e está a dois da brasileira Cristiane, recordista da competição.

O jogo

A seleção brasileira suportou a pressão inicial da rival e logo aos oito minutos abriu o placar. Bia Zaneratto recebeu pelo lado esquerdo e cruzou para Debinha, que cabeceou no travessão. Bia brigou pelo rebote e a bola sobrou para Marta chutar de pé esquerdo e fazer o primeiro gol do Brasil na Olimpíada.

Aos 21, o time de Pia Sundhage ampliou o placar. Após pela triangulação pelo lado direito, Bia Zaneratto chutou forte no canto, a goleira Peng Shimeng deu rebote e Debinha tocou para o gol vazio.

O Brasil continuou dominando a partida e aos 30 minutos quase fez o terceiro após a zagueira Érika completar o cruzamento feito pela direita, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

A China só assustou a seleção brasileira aos 39 minutos. Miao Siwen chutou forte de fora da área, mas Bárbara espalmou pela linha de fundo.

                                                                         Marta fez dois e chega a 12 gols em Olimpíadas

                                                                                          KOHEI CHIBAGARA / AFP – 21.07.2021

Segundo tempo

A seleção chinesa voltou para o segundo tempo pressionando a equipe brasileira. Aos 3 minutos, a atacante Wang Shanshan recebeu sozinha e tentou driblar Bárbara, mas a goleira saiu bem e evitou o gol certo da China.

Aos 6 minutos, Wang Shanshan recebeu pelo lado direito da área e chutou forte, mas a bola bateu na trave de Bárbara.

O Brasil voltou a se impor e aos 13 minutos quase fez o terceiro. Debinha recebeu fora da área e arriscou chute no ângulo, mas a goleira chinesa conseguiu desviar com a mão direita e a bola tocou no travessão.

                                                                     A goleira Bárbara bloqueia um ataque da China

                                                                                         KOHEI CHIBAGARA / AFP – 21.07.2021

Aos 21 minutos, Bárbara salvou mais uma vez o Brasil após fazer bela defesa em chute cruzado.

Em seguida, Marta mostrou toda sua genialidade e fez o terceiro do Brasil. Após a defesa chinesa se atrapalhar para tirar a bola da área, a camisa 10 pegou de primeira e acertou o canto esquerdo da goleira Peng Shimeng.

A seleção da China continuou pressionando e aos 30 minutos acertou a trave mais uma vez após Bárbara dar rebote e a atacante chinesa cabecear no travessão.

Aos 34 minutos, Andressa Alves aproveitou vacilo da defesa da China e sofreu pênalti. Ela mesma cobrou e fez o quarto do Brasil. No final, aos 44 minutos, Bia Zaneratto aproveitou o cruzamento rasteiro, tocou de pé esquerdo e fez o quinto gol do Brasil.

                                           Andressa Alves cobra pênalti e marca o quarto gol do Brasil contra a China

                                                                           MOLLY DARLINGTON/REUTERS – 21.07.2021

Próximos jogos

Na segunda rodada, a seleção brasileira enfrenta a Holanda, no sábado (24), às 8h da manhã (horário de Brasília), enquanto as chinesas encaram a Zâmbia.

“R7”

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Morre ex-jogador inglês Paul Mariner, aos 68 anos
Propaganda

ESPORTES

Seleção masculina vence China e conquista ouro inédito no goalball

Publicados

em

Por Rafael Monteiro 

A seleção brasileira masculina de goalball conquistou, nesta sexta-feira (3), medalha de ouro inédita na Paralimpíada de Tóquio (Japão). Os brasileiros, bicampeões mundiais (2014 e 2018), golearam a China por 7 a 2 no Centro de Convenções Makuhari Messe, na cidade de Chiba. Na coleção de medalhas do Brasil, só faltava o ouro paralímpico. O país foi prata em Londres 2012 e bronze na Rio 2016.

No primeiro tempo, o Brasil conseguiu abrir dois gols de vantagem, o que foi importante para controlar a partida. Além disso, mostrou solidez na defesa. As bolas na rede aconteceram na segunda metade da primeira etapa, com Romário e Parazinho.

Na segunda etapa, os brasileiros conseguiram fazer o que queriam no início, o terceiro gol do confronto, com Leomon Moreno. Em seguida, a China diminuiu o marcador para 3 a 1, em cobrança de penalidade. Daí para frente os gols continuaram acontecendo, com os chineses marcando mais um e os brasileiros aumentando o marcador em finalizações de Leomon, duas vezes, e de Parazinho, que também fez mais dois. Final de jogo: Brasil 7, China 2.

Campanha

Na fase de grupos, a seleção brasileira obteve três vitórias e uma derrota. Além da goleada sobre a Lituânia na estreia (11 a 2), os brasileiros venceram a Argélia por 10 a 4 e o anfitrião Japão por 8 a 3. Já o revés aconteceu no duelo com os Estados Unidos, medalhista de prata na Rio 2016, por 8 a 6.

Nas quartas de final, os atuais bicampeões mundiais derrotaram a Turquia por 9 a 4, demonstrando força na competição. Já na semifinal os brasileiros encararam a Lituânia mais uma vez, e levaram a melhor: 9 a 5.

‘EBC’

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Morre ex-jogador inglês Paul Mariner, aos 68 anos
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA