CUIABÁ

Siga nossas redes

ECONOMIA

Bolsonaro quer tirar Coaf do BC e destinar para ministério de aliado

Publicado em

ECONOMIA


source
Ministro Anderson Torres poderá ser o responsável pelo Coaf
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Ministro Anderson Torres poderá ser o responsável pelo Coaf

O presidente Jair Bolsonaro (PL) estuda tirar o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Banco Central e passar para o controle do Ministério da Justiça. A informação é da jornalista Andréia Sadi, da TV Globo .

Segundo a colunista, Bolsonaro já teria conversado com aliados sobre o tema e pretendia enviar uma medida provisória ao Congresso Nacional nesta semana. No entanto, o presidente foi aconselhado a enviar um projeto de lei para realizar a transferência.

O Coaf tem a função de rastrear valores para evitar lavagem de dinheiro e outros crimes financeiros. Foi a própria unidade de inteligência que descobriu uma movimentação suspeita nas contas de Fabrício Queiroz, ex-assessor parlamentar do então deputado estadual Flávio Bolsonaro, filho do presidente da República.

O conselho fazia parte do Ministério da Justiça e Segurança Pública, mas Bolsonaro decidiu passar o comando para o Ministério da Economia em 2019, medida que abriu uma crise entre o mandatário e o então ministro da Justiça, Sérgio Moro. Em 2020, no entanto, o Coaf passou a ser subordinado do Banco Central.

A mudança é vista nos bastidores como forma de manter o controle sobre as investigações do setor de inteligência. O atual ministro da Justiça, Anderson Torres, é aliado de Bolsonaro e poderá decidir como se andará as apurações do conselho.

Bolsonaro mesmo teria dito a assessores que o Coaf “persegue seus familiares e aliados”. O presidente se refere as investigações sobre o caso das rachadinhas no gabinete de Flávio Bolsonaro no Rio de Janeiro. No entanto, tanto o STJ quanto  o STF anularam as provas colhidas pelo órgão.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ECONOMIA

Mega-Sena sorteia R$ 30,7 milhões nesta quinta; confira as dezenas

Publicados

em


source
Mega-Sena deve pagar R$ 31 milhões nesta quinta-feira
Reprodução: ACidade ON

Mega-Sena deve pagar R$ 31 milhões nesta quinta-feira

A Caixa Econômica Federal realizou nesta quinta-feira (27) o sorteio 2.448 da Mega-Sena com prêmio estimado em R$ 30,7 milhões. A Caixa deve divulgar os vencedores nas próximas horas. Em caso de nenhum acerto das seis dezenas, o prêmio irá acumular e se aproximar de R$ 40 milhões no próximo sorteio.

Confira os números sorteados:

18 – 30 – 32 – 35 – 40 – 48  

Como participar do próximo sorteio?

O próximo concurso da Mega-Sena acontece no sábado (29), às 20h  . É possível apostar até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio , em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa do país.

Também é possível apostar pela internet. O bilhete simples da Mega-Sena, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

Como apostar online na Mega-Sena?

Para aqueles que apostarem pela internet, não é possível optar pela aposta mínima, de R$ 4,50. No site da Caixa, o valor mínimo para apostar na Mega-Sena é de R$ 30, seja com uma única aposta ou mais de uma.  Veja aqui como apostar.

Leia Também:  Procon-RJ notifica Bradesco após instabilidade em aplicativo

Leia Também

Para fazer uma aposta maior, com 7 números, dando uma maior chance de ganhar, o preço sobe para R$ 31,50. Outra opção para atingir o preço mínimo é fazer sete apostas simples, que juntas têm o mesmo valor, R$ 31,50. Além disso, os bolões, disponíveis online, são outra opção viável.

Como funciona a Mega-Sena?

O concurso é realizado pela Caixa Econômica Federal e o vencedor pode receber milhões de reais se acertar as seis dezenas. Os sorteios ocorrem pelo menos duas vezes por semana – geralmente, às quartas-feiras e aos sábados. O apostador também pode ganhar prêmios com valor mais baixo caso acerte quatro ou cinco números, conhecidas como Quadra e Quina, respectivamente.

Na hora de jogar, o apostador pode escolher os números ou tentar a sorte com a Surpresinha. Esse modelo consiste na escolha automática, realizada pelo sistema, das dezenas jogadas. Outra opção é manter a mesma aposta por dois, quatro ou até oito sorteios consecutivos, conhecida como Teimosinha.

Leia Também:  Ministério e Pfizer assinam acordo para compra de 100 milhões de doses

Premiação da Mega-Sena

Os prêmios costumam iniciar em, aproximadamente, R$ 3 milhões para quem acertar as seis dezenas. Dessa forma, o valor vai acumulando a cada concurso sem vencedor.

Também é possível ganhar prêmios ao acertar quatro ou cinco números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para isso, é preciso marcar de seis a 15 números do volante. O prêmio total da Mega-Sena corresponde a 43,35% da arrecadação. Deste valor:

  • 35% são distribuídos entre os acertadores dos seis números sorteados;
  • 19% entre os acertadores de cinco números (Quina);
  • 19% entre os acertadores de quatro números (Quadra);
  • 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos seis números nos concursos terminados em zero ou cinco; e
  • 5% ficam acumulado para a primeira faixa (Sena) do último concurso do ano de final zero ou cinco.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA