Policia Federal apreende celulares e computadores de Luciano Hang
Mais um: Morador em Colíder, com covid-19 é internado em estado grave em UTI do HRCOL
Após internação, novo exame de Toffoli dá negativo para covid-19
EUA proíbem entrada de viajantes que passaram pelo Brasil
Publicado em 21/05/2020
Deputado do PSL que morreu de coronavírus usou cloroquina
Ao comentar sobre a morte do ex-aliado, Flávio Bolsonaro sequer mencionou que a causa da morte foi coronavírus
Brasil
Deputado do PSL que morreu de coronavírus usou cloroquina

O deputado estadual Gil Vianna (PSL-RJ) fez uso da cloroquina em seu tratamento contra a Covid-19. Vianna tinha 54 anos e morreu na noite de terça-feira (19) após ficar cerca de uma semana internado.

Segundo o jornalista Athos Moura, da coluna do Lauro Jardim no O Globo, o parlamentar fez uso da medicação. Ele afirma que “a administração do medicamento é protocolo do Hospital da Unimed em que ele estava internado, em Campos dos Goytacazes (RJ), para pacientes de coronavírus em estado grave”.

Gil Vianna estava internado em UTI do Hospital da Unimed, em Campos dos Goytacazes (RJ), há uma semana. Ele deu entrada no hospital com um quadro de tosse, agravado por uma dificuldade respiratória. O vírus afetou os dois pulmões do parlamentar, comprometendo 80% de um pulmão e 50% do outro.

Nas redes sociais, a equipe do deputado publicou um comunicado sobre o falecimento de Gil Viana, dizendo que o ex-militar morreu “após lutar bravamente contra a Covid-19”.

“O parlamentar estava internado no Hospital da Unimed, em Campos dos Goytacazes, desde o dia 11 de maio, após testar positivo para a doença. Gil Vianna foi vereador no município de Campos por dois mandatos e, atualmente, estava em seu segundo mandato na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), onde deixou um legado de honra, assim como foram os anos em que serviu o Exército Brasileiro e a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Sua dedicação pelo povo fluminense, principalmente na luta incansável pela pessoa com deficiência, será lembrada eternamente”, diz a mensagem.

Luto eterno

É com grande pesar que comunicamos o falecimento do deputado estadual Gil Vianna (PSL), aos 54 anos, nesta terça-feira, 19, após lutar bravamente contra a Covid-19. O parlamentar estava internado no Hospital da Unimed, em Campos dos Goytacazes, desde o dia 11 de maio, após testar positivo para a doença. Gil Vianna foi vereador no município de Campos por dois mandatos e, atualmente, estava em seu segundo mandato na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), onde deixou um legado de honra, assim como foram os anos em que serviu o Exército Brasileiro e a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Sua dedicação pelo povo fluminense, principalmente na luta incansável pela pessoa com deficiência, será lembrada eternamente.

"Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé. Desde já me está reservada a coroa da justiça, que me dará o Senhor, justo juiz, naquele dia; e não somente a mim, mas a todos os que tiverem esperado com amor sua aparição".

(2Timóteo 4,6-8)

'Centrão' é oficialmente base do governo Bolsonaro no Congresso
Auxílio de R$ 600: Caixa paga 1ª e 2ª parcelas a 7,8 milhões de pessoas
Mais um: Morador em Colíder, com covid-19 é internado em estado grave em UTI do HRCOL
Morador de Sinop, Stachin é alvo da PF por disseminar ofensas e ameaças ao STF
Notícias com enfoque no Estado de Mato Grosso
Todos os direitos reservados ao Grupo Joel Teixeira