CUIABÁ

Siga nossas redes

CARROS E MOTOS

Journey é um trailer sob medida para quem pode pagar R$ 780 mil

Publicado em

CARROS E MOTOS


source


Todo o projeto da 'Casa Journey' é feito sob medida e tem como principal matéria-prima a madeira
Divulgação

Todo o projeto da ‘Casa Journey’ é feito sob medida e tem como principal matéria-prima a madeira

Dizem que o carro é uma extensão do corpo do homem e dá a sensação de liberdade e o modelo define exatamente a personalidade de cada um. E se for levar por essa lógica, o que dizer das casas móveis então?

Muito comum nos Estados Unidos, não faltam criações das mais diversas quando se refere a veículos habitáveis. Em Portland, Oregon, por exemplo, existe uma empresa familiar chamada Tiny Heirloom que desenvolveu a casa ‘Journey’.

A empresa desenvolve projetos de casas compactas sobre rodas e como denuncia o nome da empresa tudo o que eles fazem são pequenos, mas tudo pensado para trazer conforto e praticidade aos que buscam um estilo de vida diferente.

Trailer Journey. Foto: Divulgação

Leia Também:  BMW revela duas unidades da R18 customizadas em feira na Itália

Trailer Journey. Foto: Divulgação

Trailer Journey. Foto: Divulgação

Trailer Journey. Foto: Divulgação

Trailer Journey. Foto: Divulgação

Trailer Journey. Foto: Divulgação

Tudo é cuidadosamente orçado de acordo com o bolso e gosto do cliente e todas as paredes, bem como o chassi do veículo ou casa, como quiserem, é feito artesanalmente. Apesar de pequeno, o conforto é obrigatório, a começar pelo eixo triplo que filtra bem as irregularidades do piso.

A estrutura e acabamento das paredes e telhado do Journey são feitos utilizando a madeira e para assegurar que a matéria prima vegetal não seja agredida com cupim e a própria ação do tempo, a empresa usa um produto anti-umidade.

Leia Também

Leia Também

Leia Também

O isolamento, por sua vez, é em espuma spray que garante manter a temperatura e a acústica ideal para dias com temperaturas mais amenas. Até o chão possui o mesmo tipo de tratamento para garantir uma temperatura mais agradável aos habitantes do trailer.

O trailer possui 9,14 metros de comprimento e 2,6 metros de largura e também possui um deck externo, cozinha completa com forgão de indução, geladeira com freezer e mesa retrátil, sala de estar que pode ser tranformada em mais um quarto, banheiro completo e um loft elevado, entre outras peculiaridades.

Leia Também:  Toyota SW4 2022 fica mais equipada e volta a ter versão Diamond

Na parte de suprimentos básicos como água e energia, os moradores não têm do que reclamar. O Journey aquecedores de parede elétricos e programáveis, conexão de encanamento e dreno, aquecedor de água e tomadas externas.

A casa Journey tem preço inicial de US$ 139.000 , o equivalente a R$ 780.000 na cotação do dia desta reportagem, um preço alto a se pagar, lembrando que existem outras opções com um custo-benefício melhor nos EUA.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

GWM estréia fábrica de carros no Brasil e alega que farão até 208 km/l

Publicados

em


source
Fábrica Mercedes-Benz de Iracemápolis foi vendida para a Great Wall Motors Company, que fará apenas carros eletrificados
Divulgação

Fábrica Mercedes-Benz de Iracemápolis foi vendida para a Great Wall Motors Company, que fará apenas carros eletrificados

A maior fabricante de carros da China, a Great Wall (GWM), acaba de inaugurar uma fábrica em Iracemápolis (SP): trata-se de uma unidade que foi inaugurada pela Mercedes-Benz em março de 2016 e fechada em dezembro de 2020. Nesta quinta-feira (27), a Great Wall Motors inicia oficialmente as operações no Brasil, fabricando apenas carros eletrificados, e promete fazer da unidade sua maior base fora da China.

A empresa anunciou investimentos de R$ 10 bilhões no país até 2032. Em 2025, a multinacional pretende alcançar um faturamento de R$ 30 bilhões. A GWM também garante que a fábrica brasileira será um centro completo de produção. Até 2025, almeja atingir um índice de nacionalização de 60%. A unidade industrial será um pólo de exportação para o continente. A retomada das atividades vai gerar 2.000 empregos diretos e 8.000 indiretos.

Para diversificar a atuação da montadora no Brasil, a GWM vai contar com três marcas, uma para cada linha de produtos. A Haval vai comercializar apenas SUVs on-road inteligentes, a Tank contará com SUVs off-road de luxo e a Poer terá picapes inteligentes.

Leia Também:  Sem vencedor! Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 22 milhões no sábado

Em um segundo momento, virá a linha Ora , uma marca premium exclusivamente movida a bateria. Ela será a primeira marca pura 100% de carros elétricos no Brasil.

Os carros, segundo a Great Wall , terão todos entre 230 cv a 430 cv, e entre 41 kgfm até 76 kgfm. Na prática, esses números se traduzem em aceleração de 0 a 100 km/h entre 7,2 segundos e 4,8 segundos, com consumo de combustível de 75 km/l a 208 km/l (ainda segundo a GWM), quando nos limitamos aos híbridos e híbridos plug-in .

Como se não bastasse, a montadora afirma que vai oferecer no Brasil o híbrido plug-in com a maior autonomia elétrica do mundo, de 200 km. Esse modelo ainda é capaz de recarregar 80% da sua bateria em apenas 30 minutos.

Leia Também

Todos os modelos produzidos no Brasil terão recursos de conectividade e sistemas semiautônomos de segurança Nível 2 de série, além de permitir o uso do comando por voz para controlar as funções do veículo, como fechar vidros ou abrir o teto solar. Os veículos da GWM no Brasil também estarão prontos para suportar o recurso de conectividade 5G.

Leia Também:  Supermercado deverá pagar indenização para cliente que escorregou em piso

A GWM desenvolveu o primeiro sistema de veículo híbrido do mundo que conta com a tecnologia de atualização Over The Air (OTA), que trará atualizações de software e firmware pelo ar para o carro, não só para o multimídia, mas para todo o sistema do veículo, como módulos dos motores e hardware de direção semiautônoma .

Outra novidade tecnológica é que a GWM já está iniciando parcerias para estudos de uso de etanol como fonte de geração de hidrogênio para veículos com célula de combustível.

Great Wall Tank 100 é o
Divulgação

Great Wall Tank 100 é o “irmão” chinês queo Jimny Sierra nunca tinha tido

“A GWM é a primeira empresa na China que forma parte da Comissão Internacional do Hidrogênio e tem vários projetos de pesquisa para as diferentes aplicações desse gás como elemento de propulsão”, afirma Pedro Bentancourt, Chief Relations Officer (CRO) da GWM Brasil.

“Pretendemos utilizar a unidade no Brasil como base de conhecimento na realização de acordos com universidades e centros tecnológicos brasileiros , visando desenvolver pesquisa que, por exemplo, inclua o uso do etanol como fonte de hidrogênio”, complementa Pedro Bentancourt.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA