CUIABÁ

Siga nossas redes

Mãe de milionário

Eduardo Costa rompe o silêncio e diz se fará exame de DNA após mulher surgir dizendo ser sua mãe biológica

Publicado em

Bastidores

O cantor Eduardo Costa virou assunto na imprensa do país após uma mulher identificada como Maria de Lourdes afirmar publicamente que é a mãe biológica do sertanejo. Segundo a suposta matriarca, o filho lhe teria sido tomado logo após o nascimento, passando todos esses anos sem saber de seu paradeiro.

Após a polêmica, Eduardo Costa reapareceu publicamente para rebater Maria de Lourdes. Segundo ele, a história narrada pela mulher é absurda, tendo em vista que a sua única mãe é a pessoa que lhe criou desde tenra idade, razão pela qual não pretende se submeter a exames de DNA.

“Eu estou muito impressionado com essa história. Não dá para acreditar, é uma coisa inacreditável o que essa senhora está falando. Lá em casa eu, minha mãe e meus irmãos somos todos iguais, parecidos. Não tem lógica de alguém ter dado filho para alguém”, iniciou o cantor sertanejo em entrevista concedida ao jornalista Felipeh Campos do programa A Tarde É Sua.

Para Eduardo Costa, um exame de DNA é completamente descabido, uma vez que a sua fisionomia seria idêntica à da mãe que crê ser a biológica e verdadeira. Maria de Lourdes, por sua vez, alega que o timbre de sua voz e demais características corpóreas são semelhantes às do cantor sertanejo, e que não possui nenhuma pretensão financeira, buscando, apenas, sanar a sua dúvida.
‘TV Prime”
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Compartilhamento de dados do open banking começa hoje
Propaganda

Bastidores

Drogas, álcool e internação: o drama vivido por Andreas von Richthofen, o irmão de Suzane, a menina que matou os pais

Publicados

em

Por Renato Silva

A Menina Que Matou os Pais e O Menino Que Matou Meus Pais, os filmes sobre o caso Richthofen, estreou recentemente na Amazon Prime. Com o assunto do crime que chocou o Brasil em alta novamente, muitas pessoas têm curiosidade de saber o que teria acontecido com alguns dos envolvidos, entre eles o irmão de Suzane von Richthofen, Andreas Richthofen, que era um menino quando os pais morreram. A atual situação de Andreas von Richthofen é muito triste.

Em 2017, três casas haviam sido invadidas na rua Engenheiro Alonso de Azevedo, localizada na zona sul paulista. Com a insegurança causada pelas invasões, os moradores criaram um grupo no aplicativo de mensagens WhatsApp para poder se comunicar quando percebessem algo estranho.

Numa dessas invasões a uma propriedade foi encontrado um rapaz de 29 anos. Ele não se identificou a princípio, mas era Andreas Albert von Richthofen. Ele falava frases desconexas, não demonstrou ser violento e aparentava estar bem assustado. “Não queiram saber da minha vida”, disse o rapaz.

Andreas estava longe do foco da mídia há um bom tempo e após ser achado invadindo uma propriedade foi levado para um hospital, pois não falava coisa com coisa. O rapaz estava com ferimentos e escoriações pelas pernas e com as vestimentas rasgadas. Ele estava carregando uma caixa de joias que continha dentro uma medalha com o sobrenome da família.

No prontuário médico, o homem foi descrito como uma pessoa com olhos vidrados e higiene precária. Andreas teria falado que usa esporadicamente maconha e bebida alcoólica. Agora, ele foi transferido para uma clínica especialista em recuperar usuários de drogas. A instituição é conveniada ao SUS. Pessoas próximas foram acionadas, mas ninguém teria atendido. Nos primeiros dias na clínica, Andreas não recebeu visita. Ele ficaria 30 dias sob regime de internação para desintoxicação. O fato ocorreu no mês de maio deste ano.

Andreas von Richthofen é uma das vítima e sobrevivente do crime, conforme explicado pelo advogado Tardelli, responsável pela acusação de Suzane. Recluso desde o crime que tirou a vida dos pais, o jovem tentou levar uma vida tentando escapar dos olhares curiosos das pessoas.

Assista ao trailer dos filmes 

 

Leia Também:  Coronavírus: traficantes e milicianos impõem toque de recolher em comunidades do Rio

 

 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA