Hong Kong e Coreia do Sul começam vacinação contra covid-19 nessa sexta-feira; assista
Prefeito Maninho de Colíder é recebido por autoridades federais em Brasília
Ninguém sabia: Mulher viveu 50 anos como homem, numa época em que não se falava em transgêneros
Jornalista diz que se sente ameaçado de tentativas de cancelamento e censura por esposa de deputado em Sorriso
Publicado em 23/02/2021
Avião com 2 milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca chega ao Brasil
Saúde
Avião com 2 milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca chega ao Brasil

O avião da companhia Emirates com 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra Covid-19 chegou ao Brasil na manhã desta terça-feira, às 6h27 - segundo informações da CNN.

A aeronave decolou na segunda-feira (22) de Mumbai, na Índia, e fez escala em Dubai, nos Emirados árabes

O voo seguirá para o Rio de Janeiro, onde serão levadas as doses para o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz).

As doses foram produzidas pelo Instituto Serum, parceiro da AstraZeneca na Índia e maior produtor mundial de vacinas. Mesmo prontas, as vacinas precisarão passar primeiro por Bio-Manguinhos para que possam ser rotuladas antes de serem distribuídas ao Programa Nacional de Imunizações.

A importação de doses prontas é uma estratégia paralela à produção de vacinas acertada entre a AstraZeneca e a Fiocruz. Para acelerar a disponibilidade de vacinas à população, 2 milhões de doses já foram trazidas da Índia em janeiro e está previsto um total de 10 milhões de doses prontas a serem importadas. Além dos 2 milhões que chegam agora país, mais 8 milhões estão previstas para os próximos dois meses. 

Enquanto negocia a chegada das doses prontas, a Fiocruz trabalha na produção local das vacinas Oxford/AstraZeneca. Segundo o acordo com a farmacêutica anglo-sueca, a Fiocruz vai produzir 100,4 milhões de doses de vacinas até julho, a partir de um ingrediente farmacêutico ativo (IFA) importado. A primeira remessa desse insumo já chegou ao Bio-Manguinhos e o primeiro milhão de doses produzido na Fiocruz tem entrega prevista para o período de 15 a 19 de março.

De acordo com a fundação, os dois primeiros lotes estarão liberados internamente nos próximos dias. Esses lotes são destinados a testes para o estabelecimento dos parâmetros de produção.

'EBC'

Integrantes do governo temem que fala de Bolsonaro tenha presidente do Banco do Brasil como alvo
SENAC disponibiliza uma grade de cursos profissionalizantes para o município de Colíder
Jennifer, mãe que confessou o assassinato da filha Isis Helena foi encontrada morta dentro da prisão
Hong Kong e Coreia do Sul começam vacinação contra covid-19 nessa sexta-feira; assista
Notícias com enfoque no Estado de Mato Grosso
Todos os direitos reservados ao Grupo Joel Teixeira